Você já ouviu falar em Wealth Management? Em uma tradução livre, Wealth Management é gestão de riqueza. No ramo financeiro ficou conhecido também como gestão do patrimônio.

A gestão especializada em fortunas pode ser feita por um profissional independente, por um departamento dentro da organização ou por instituições financeiras. Trata-se de um produto de alto nível, ou seja, voltado para clientes de alta renda.

Esses clientes são pessoas ou empresas que, justamente por contarem com uma soma de dinheiro maior, têm um maior potencial de investimento. E, portanto, precisam de serviços individualizados. Assim, o Wealth Management surgiu para suprir essa demanda.

Neste artigo, explicamos melhor o que é e como funciona a gestão especializada em fortunas. Confira!

O que é Wealth Management?

O Wealth Management – ou gestão patrimonial – é o termo utilizado para descrever um serviço que tem por objetivo cuidar dos bens, direitos e obrigações de pessoas físicas e/ou jurídicas. Esses serviços são oferecidos aos clientes em pacotes para fornecer benefícios com dois objetivos principais: crescimento e segurança de seus investimentos existentes (protegendo e ampliando a riqueza).

Podemos dizer também que a gestão especializada em fortunas refere-se a um serviço mais personalizado de consultoria, planejamento e gestão de investimentos. Além disso, quem trabalha com Wealth Management é responsável por atividades administrativas, contábeis, financeiras e jurídicas.

Um profissional ou empresa  especializada no ramo, portanto, busca centralizar as necessidades financeiras em um único lugar. Eles lidam, inclusive, com assuntos referentes à herança, sucessão patrimonial, divisão de bens e aos impostos.

Dentre os serviços que compõem uma empresa especializada em gestão do patrimônio estão:

  • Gestão de riscos;
  • Gestão de investimentos;
  • Assessoria jurídica, fiscal e contábil;
  • Planejamento familiar e sucessório;
  • Planejamento patrimonial;
  • Gestão fiduciária.

Por que a gestão especializadas em fortunas é importante?

A menos que um indivíduo tenha uma estratégia financeira e saiba administrar seu patrimônio sozinho, torna-se extremamente difícil definir e cumprir metas realistas. É importante identificar e entender os pontos fortes e desafios financeiros, e são os especialistas em gerenciamento de patrimônio que podem ajudar a colocar um plano em ação e monitorar periodicamente seu progresso.

Por isso, existem diversos motivos pelos quais uma pessoa ou empresa contrata um agente de Wealth Management. Alguns incluem:

  • Na gestão especializada em fortunas os profissionais entendem as metas financeiras do cliente. Esses fatores são levados em consideração na formulação de estratégias financeiras. Para tanto, a instituição ou o profissional dedica um tempo para compreender as necessidades do cliente e o ajuda a atingir o maior número possível de suas metas financeiras (que podem ser: ter uma aposentadoria tranquila, garantir qualidade de vida para os herdeiros etc.).
  • Quem trabalha com Wealth Management possui um profundo entendimento das incertezas financeiras. São pessoas qualificadas para tomares decisões financeiras críticas se necessário.

Isso significa que empresas e profissionais de Wealth Management podem ajudar na gestão das finanças durante as condições mais adversas do mercado, sempre levando em consideração os objetivos do cliente.

  • O gerenciamento do patrimônio auxilia pessoas a manter seu estilo de vida atual e a deixar uma herança apropriada para suas famílias.
  • Permite que as pessoas tomem decisões financeiras apropriadas quando se trata de salvar e montar outros negócios que os ajudarão a criar mais riqueza.
  • Os gestores de Wealth Management entendem que não existe uma fórmula única para o gerenciamento de patrimônio. Como tal, cada cliente recebe serviços personalizados de um profissional dedicado, que cria estratégias financeiras mantendo seus requisitos pessoais em mente.
  • O gestor de patrimônio está constantemente pensando no bem-estar financeiro de seu cliente e, por isso, o ajuda a tomar melhores decisões de investimento.

Quem é o tipo de cliente do Wealth Management?

Importante entender que a gestão especializada de fortunas é tanto para quem tem uma reserva financeira consolidada quanto para quem quer construir patrimônio. Por se tratar de algo bem individualizado, contratar um serviço de Wealth Management pode não ser barato. Logo, quem o utiliza costuma ser clientes de alta renda.

Além de alta renda, são pessoas que possuem um patrimônio considerável e precisam de ajuda para administrá-lo de forma correta. Em muitos casos, o Wealth Management é utilizado por famílias que possuem empresas e cujos membros têm uma quantia considerável de riqueza.

Como funciona o Wealth Management?

O gestor do patrimônio pode ser uma única pessoa, um setor na empresa destinado a isso, ou até uma instituição financeira. Seja como for, ele analisa a situação financeira do cliente e suas metas de curto, médio e longo prazo.

A partir dessas informações é desenvolvido um plano e, em seguida, inicia-se a implantação do mesmo. No processo, os profissionais de gestão especializada em fortunas analisam as melhores maneiras de mitigar custos relacionados a impostos e taxas. Se for o caso, podem utilizar produtos próprios, mas também podem fazer uso de plataformas de investimento de outras instituições financeiras.

Para que o cliente esteja ciente do que está acontecendo, ocorrem reuniões regulares. Dessa maneira, ele pode ser atualizado quanto às metas e fazer uma revisão do portfólio financeiro.

Como o objetivo de quem faz Wealth Management é o de cuidar da vida financeira do cliente por completo, o responsável por fazê-lo pode ainda realizar a adequação fisco- contábil e oferecer consultoria tributária, assessoria jurídica, entre outros serviços.

Vale a pena destacar que a gestão de patrimônio pode ser passiva ou ativa. A ativa exige mais especialização e tem um custo mais elevado. A passiva é indicada para aqueles clientes que precisam apenas de aconselhamentos.

Como contratar uma empresa de Wealth Management?

No caso de optar por ter uma empresa cuidando do seu patrimônio, existem algumas opções no mercado. Entre as principais está o banco de investimentos BTG Pactual, eleito o melhor em Wealth Management em 10 das 12 categorias do “Annual Private Banking and Wealth Management Survey” da revista Euromoney (uma das principais revistas globais do segmento financeiro) em 2019.

Mas, se você ainda não adquiriu patrimônio suficiente para necessitar de uma gestão especializada em fortunas, veja nossas 6 dicas para acumular riquezas a partir de agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *