Em tempos corridos, quase sempre com uma rotina bem cansativa, as pessoas estão buscando alternativas para se divertirem e esquecerem dos problemas. Viajar é uma delas e vem se tornando, cada dia mais, um dos maiores prazeres da vida.

Entretanto, sabemos que planejar uma viagem não é tão fácil assim. É preciso decidir o destino, o hotel que irá se hospedar, sobre sua alimentação, o transporte que será utilizado e muito mais!

Obviamente, tudo isso precisa de tempo e, às vezes, muita paciência. Será que você consegue dar conta de tudo sempre?

Infelizmente, nem sempre conseguimos planejar as nossas coisas da forma como deveríamos. Imagine comprar uma passagem aérea às pressas e nem perceber o quão caro está pagando por isso? Logo, se organizar e economizar o seu dinheiro é a melhor maneira para pensar no futuro (ou em mais viagens, claro).

Para quem não tem paciência e/ou tempo para planejar as suas viagens, existe uma opção: contratar pacotes de viagens. Na maioria das vezes, é um procedimento rápido e simples: você só deve escolher uma boa agência de turismo, sempre pensando no custo-benefício. Porém, em algumas situações, comprar pacotes de viagens (sobretudo aqueles muito baratos) pode lhe dar uma imensa dor de cabeça.

Neste artigo, iremos lhe mostrar alguns cuidados que você deve tomar ao comprar pacotes de viagens. Anote tudo, ok?!

O que são pacotes de viagens?

Os pacotes de viagens são pacotes compostos por diversos serviços que as agências de turismo vendem e disponibilizam para quem deseja viajar, mas possuem um tempo escasso para adquirir item por item, ou que apenas desejam encontrar melhores ofertas adquirindo um único produto por diferentes serviços.

Assim, não é preciso planejar todas as coisas da viagem. Você poderá comprar um pacote de viagem para casal, por exemplo, um pacote para diversas pessoas ou um pacote de viagem individual.

Alguns dos serviços presentes nos pacotes de viagens (todos de acordo com a sua preferência):

  • passagens para o destino de sua escolha;
  • alimentação;
  • hospedagem;
  • passeios;
  • traslados

Mas… Será que os pacotes de viagens valem a pena?

Quais são as vantagens em comprar um pacote de viagem?

As burocracias para contratar um pacote de viagem são bem poucas, de modo geral. Portanto, se você quer tirar um tempo para descansar e sair da rotina, sem precisar planejar toda a viagem, estes pacotes podem ser uma boa saída.

Além disso, as vantagens de parcelamento e os custos, muitas vezes reduzidos, também chamam atenção dos viajantes. As agências de turismo fazem acordos e parcerias com companhias aéreas, hotéis, pousadas, resorts, e,  exatamente por isso, os custos podem ser mais baixos se comparados com a compra dos serviços de forma individual e diretamente com as empresas.

Apesar das vantagens, é preciso ter cuidados ao comprar pacotes de viagens.

Cuidados ao comprar pacotes de viagens

Recomendamos que você, antes de contratar o pacote de viagem, veja se está amparado legalmente. Observe se os contratos firmados até o fechamento estão mantidos, assim você nunca sair perdendo algo, principalmente dinheiro.

É importante também sempre manter um diálogo com a agência de turismo que lhe vendeu o pacote de viagem. Se as prestadoras dos serviços não atenderem às suas necessidades, mesmo você entrando em contato com elas, procure as instituições de defesa do consumidor, elas irão auxiliar você.

Agora que você já sabe o que são estes pacotes de viagens e suas vantagens, mostraremos 5 cuidados que você deve ter para não sair no prejuízo ao comprar um pacote de viagem.

1- Escolha o melhor local para você ficar

É muito importante, antes de comprar o pacote de viagem, verificar a localização de hotéis, pousadas, albergues, flats, casas para alugar, etc. Para isso, utilize o Street View e o Google Maps. Com eles, é possível fazer um tour virtual no local que você queira.

2- Fique de olho na duração da diária na hospedagem

Isso pode parecer besteira, mas ocorrem casos nos quais a hospedagem disponibiliza menos de 24h na diária de clientes, o que está errado.

O Artigo 23, inciso IV, da Lei Geral do Turismo infere o seguinte:

“Entende-se por diária o preço de hospedagem correspondente à utilização da unidade habitacional e dos serviços incluídos, no período de 24 (vinte e quatro) horas, compreendido nos horários fixados para entrada e saída de hóspedes.”

Logo, necessariamente, a diária de qualquer pessoa deverá durar 24h. Se a empresa se negar a fazer isso, você poderá ficar mais tempo que o previsto para o check-out e pagar um valor maior. Tendo feito isso, é só recorrer ao Procon ou à Justiça para receber o valor que foi cobrado de forma indevida em dobro.

3- Veja se a sua hospedagem realmente existe!

Não menos importante, é válido entrar em contato com o hotel para confirmar a sua reserva e conferir as informações presentes no contrato do serviço.

Algumas pessoas já relataram, por meio de sites de reclamações online, que chegaram ao local de destino, mas ele não existia! Isso é um caso chamado de “hospedagem fantasma”. Portanto, tenha muito cuidado para não cair nessa furada e perder o seu dinheiro.

4- Utilize as suas milhas acumuladas

Se você é daqueles que possui muitos pontos acumulados no cartão de crédito ou no cartão fidelidade de alguma companhia aérea, utilize as milhas e poupe o seu dinheiro.

Mas tenha muita atenção. Cada empresa tem as suas regras para a contratação dos seus serviços, caso as milhas sejam utilizadas. Veja se realmente isso vale a pena.

5- Verifique se a agência é confiável!

Essa é a dica mais importante de todas. Tome muito cuidado para não comprar um pacote de viagem de uma agência que não é confiável. É comum encontrar muitos clientes que já fizeram reclamações em sites e mídias sociais e que ficaram insatisfeitos com o serviço oferecido.

Uma ótima forma para analisar se a agência é confiável é verificar se está cadastrada no site do Ministério do Turismo e se há reclamações sobre a mesma no Procon. Pedir referências a amigos, familiares e conhecidos também pode valer a pena.

Caso contrate o pacote de viagem em uma determinada agência de turismo, a mesma é responsável por todo tipo de problema que possa ocorrer na viagem, de acordo com o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor.

Viu só? Agora você sabe quais os cuidados que terá que tomar na hora de comprar pacotes de viagens. Sempre analise todos os prós e contras e veja se o pacote de viagem realmente valerá a pena para você!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *