Sem dúvida, o uso do cartão de crédito tem facilitado a vida de muitas pessoas. Quando bem utilizado, ele ajuda a gerir melhor o seu dinheiro. Entretanto, infelizmente é preciso ficar atento à existência de golpes com cartão de crédito.

Diversos criminosos atuam tanto pessoalmente quando de forma online para roubar os dados do seu cartão e realizar compras. Essas fraudes podem trazer muita dor de cabeça e prejuízo.

Por isso, vamos ajudar você a não ser mais uma vítima desses golpes. Acompanhe nossas informações!

Quais são os principais golpes com cartão de crédito?

Veja quais são as 5 fraudes mais comuns aplicadas pelos golpistas:

1. Clonagem

A clonagem é um golpe tradicional nessa área. É verdade que ela era mais comum no passado, quando os cartões não utilizavam tão amplamente a tecnologia de chips. Entretanto, até hoje ainda existem criminosos que realizam essa fraude.

Para ela ocorrer, eles precisam copiar os seus dados (como nome, número e código de segurança do cartão) e registrar em outro cartão. Então, utilizam o clonado para fazer compras em seu nome.

Esse golpe pode acontecer pela internet ou ser realizado com a ajuda de um “chupa cabra” — um aparelho eletrônico que é colocado nos leitores de cartões em lojas ou em caixas eletrônicos. Dessa forma, os dados são roubados sem que você perceba.

2. Confirmação de dados bancários

Outro golpe muito comum que envolve cartões de crédito acontece por meio de um falso contato para confirmação de dados bancários. Nesse caso, os criminosos falam com a vítima por meio de uma mensagem ou ligação telefônica.

Eles fingem ser funcionários da central de atendimento das administradoras de cartão de crédito. Dessa forma, solicitam diversas informações, como o número e até a senha do cartão. Quando conseguem obter esses dados, eles estão aptos a utilizar seu cartão.

3. Compras em sites falsos

Você também está exposto a golpes ao realizar suas compras no ambiente virtual. O maior perigo nesse meio é o cadastro em sites falsos: o consumidor pensa que está comprando um produto real e preenche normalmente o cadastro para que sua compra seja efetivada, mas tem seus dados roubados.

Em geral, as pessoas chegam a esses sites por meio de links recebidos no email (spams) ou mensagens nas redes sociais. Eles normalmente apresentam preços muito abaixo do normal, por isso, vale a pena desconfiar.

4. Troca de cartão

Nem sempre o seu cartão precisa ser clonado para que você sofra um golpe. Uma das ações dos criminosos envolve a troca entre cartões. Essa prática acontece em um momento oportuno e conta com a distração das vítimas.

Ao realizar uma compra ou utilizar o seu cartão em uma máquina de autoatendimento, um criminoso pode estar por perto observando você digitar a senha. Depois, tudo o que ele tem que fazer é trocar o seu cartão por um semelhante.

Com isso, ele fica de posse do seu cartão e pode realizar compras. Muitas vezes, a vítima só se dá conta disso quando tenta utilizar novamente o recurso e percebe que não está com o seu.

5. Compra duplicada

Esse golpe exige que você tenha muito cuidado com onde realiza as suas compras. Algumas lojas podem ter criminosos aplicando golpes. No caso da compra duplicada, o vendedor faz com que o cliente pague o valor mais de uma vez.

A vítima é informada que algo deu errado no pagamento e que será preciso tentar novamente. Dessa forma, você pode ter que pagar muito mais pelo produto. Esse golpe costuma ser menos frequente, mas é importante ficar atento a ele.

Como evitar os golpes com cartão de crédito?

Agora você já conhece as 5 fraudes mais comuns. Que tal saber como perceber os sinais e se proteger de golpistas?

Não se distraia ao usar o cartão

É essencial que você esteja o mais atento possível na hora de utilizar seu cartão em público. Observe, principalmente, se existe alguma dificuldade no manuseio da maquineta ou do caixa eletrônico.

Caso note algo suspeito, como uma resistência ao inserir o cartão, peça outra máquina ou procure outro caixa. Se seu cartão ficar preso, chame a manutenção e não se afaste do local.

Além disso, evite conversar com desconhecidos ou aceitar ajuda no caixa eletrônico.

Procure administradoras de cartão mais seguras

Em geral, os bancos oferecem ferramentas de segurança para ajudar você a proteger suas transações financeiras. É por isso que a maioria dos cartões usados atualmente tem chip e solicita senha antes das compras, por exemplo.

Algumas administradoras de cartão proporcionam medidas de segurança a mais. Uma delas é a confirmação de compra por aplicativo ou mensagem que chega no seu celular. Procure saber se o seu banco oferece isso e veja como utilizar.

Cheque sua fatura constantemente

Mesmo que seu cartão de crédito não ofereça a opção de enviar mensagens depois de cada compra, você pode acompanhar sua fatura de perto. Basta conferir o extrato no aplicativo ou ligar para o banco e se informar sobre o volume de gastos.

Ao fazer isso é possível identificar rapidamente a existência de alguma compra não feita por você. Logo, fica mais fácil resolver o problema com antecedência.

Tenha cuidado com compras online

A realização de compras pela internet requer atenção redobrada, pois atualmente grande parte dos golpes acontece nesse meio. A principal dica para se proteger é sempre checar se está nos sites oficiais das lojas — e só realizar suas transações em lojas confiáveis.

Além disso, procure não deixar seu cartão de crédito salvo nas plataformas online. Mesmo que isso seja um facilitador nas compras futuras, pense que também pode facilitar possíveis golpes. O mais aconselhado é cadastrar as informações novamente quando precisar.

Lembre-se, ainda, de que o seu computador tem meios de ajudá-lo a perceber riscos. Nesse sentido, é importante manter o antivírus atualizado para que ele identifique sites perigosos e lhe avise.

Só responda a contatos oficiais do banco

Os bancos e administradoras de cartão de crédito também estão atentos às possibilidades de fraude. Por isso, é comum que eles comuniquem aos clientes que não pedem senhas por e-mail, ligação ou mensagem de texto.

Sempre que você desconfiar de algum contato, não responda ao suposto funcionário. Entre em contato pelo telefone ou endereço que você já conhece ou confira se a administradora enviou algum aviso pelo aplicativo oficial dela.

Neste post, você conheceu os 5 principais golpes com cartão de crédito. Agora, já sabe como se proteger contra eles. Tomando esses cuidados essenciais fica mais fácil utilizar o cartão com tranquilidade e evitar dores de cabeça.

Quer ficar ainda mais seguro? Confira 6 motivos para não emprestar seu cartão de crédito!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *