Encontrar o que nos faz feliz é sempre um dos maiores objetivos de vida, seja no âmbito pessoal, na carreira ou nos nossos relacionamentos. Ter dúvidas sobre o que nos motiva é normal e todos acabam pensando sobre isso em algum momento da vida.

Infelizmente, vivemos em uma sociedade que persegue a felicidade a todo instante, de forma desmedida. Tanto é que parece crime aparentar tristeza.

Contudo, é preciso ter em mente que ninguém é feliz o tempo todo! Existem momentos em que ela se expressa e, mesmo as pessoas que se consideram extremamente felizes, têm seus momentos de tristeza.

A felicidade na verdade está na capacidade de encontrar e colocar em prática o que lhe traz prazer e saber viver com as adversidades da vida que, acredite, sempre existirão. Quer encontrar o que lhe faz feliz? Então confira 5 maneiras para fazer isso e coloque-as em prática agora mesmo!

1. Cuidado com as opiniões alheias

Uma das primeiras atitudes que você deve tomar na busca pelo que lhe faz feliz é justamente ouvir preponderantemente as suas vontades. Por incrível que pareça, as pessoas não agem por conta própria. Ou seja, elas acabam repetindo as práticas e os preceitos do seu grupo social

Grande parte das pessoas nem percebe que sofrem essa “pressão social” na hora da tomada de uma decisão.  Assim, acabam fazendo o que não lhe agrada. Para evitar isso, comece a ouvir menos as opiniões pessoais dos outros e comece a dar mais atenção às suas vontades.

O que você de fato quer é muito diferente do que os outros pensam e falam? Não se preocupe, pois é dessa maneira que você vai descobrir e experimentar o que tem vontade e, assim, descobrir o que lhe faz feliz.

2. Não tenha medo de experimentar

Encontrou algo que lhe interessou? Então não fique somente na vontade e tenha uma experiência com o que despertou o seu interesse. Por exemplo, viu alguma dança que chamou a atenção ou achou interessante determinada técnica de costura? Coloque em prática para ver se essas atividades realmente são ideais para você!

É experimentando que descobrimos o que nos motiva. Por isso, não tenha medo de descobrir novas atividades, experimentá-las e mudar, caso achar que deve. Considere essa dica uma das mais valiosas, pois é dessa forma que você encontra uma atividade que lhe proporciona bem estar, um hobby e até a profissão que lhe deixará realizado.

Além de ter oportunidades para identificar seus pontos fortes, os pontos fracos e os gostos pessoais, fazer isso ajuda principalmente a conhecer-se melhor.

3. Reserve um tempo para aprender o que você gosta

Se você experimentou alguma atividade que tinha vontade e gostou, reserve um tempo do dia ou da semana para dedicar-se a ela, seja um hobby ou estudos para se qualificar profissionalmente, por exemplo.

Dedicar-se por um determinado tempo todos os dias, mesmo que seja apenas 1 hora ou só 30 minutos, lhe dará satisfação e sensação de bem-estar. Isso dará motivação para continuar os aprendizados e se aprimorar cada vez mais.

Desafiar-se e querer sempre ampliar seus conhecimentos é uma competição pessoal saudável, pois no fim você se sentirá satisfeito e feliz com as novas conquistas. Após algum tempo de estudo e prática, a atividade escolhida poderá se tornar um hobby.

Hobbies são ótimos para a saúde, promovem bem-estar e são uma forma de relaxar enquanto trabalha o cérebro. Seus benefícios são tantos que podem ser ótimos no combate à depressão e outras doenças, como o Alzheimer.

Se você se sente bem com seu hobby, que tal transformá-lo em uma segunda fonte de renda ou até mesmo na principal? Ter uma profissão que lhe traz alegrias é um dos maiores desejos da sociedade. Seria perfeito conciliar o que você ama – e faz por prazer – com uma forma de ser remunerado por isso.

4. Pratique o autoconhecimento

O autoconhecimento é essencial para sermos feliz.  Quando nos conhecemos bem, sabemos das nossas forças, fraquezas e o que realmente nos importa.

Além de ajudar a entender nossas limitações, um indivíduo que se conhece muito bem consegue lidar com momentos de frustração e tristeza, pois entende que não é perfeito, mas se aceita do jeito que é e sente-se feliz, apesar disso.

O autoconhecimento ajuda as pessoas a encontrarem a felicidade no que elas mesmo têm. Ainda, é fator decisivo na hora de definir o que lhe faz mal e o que colabora para ter uma vida melhor.

Por isso, se você vive pensando em como se encontrar na carreira ou como descobrir o que gosta de fazer, comece praticando o autoconhecimento, pois essa qualidade lhe ajudará muito no decorrer de sua vida.

5. Encontre seu propósito

Assim como grande parte das pessoas, imagino que você também queira ter um propósito de vida e “deixar uma marca”. Ou seja, fazer algo importante e diferenciado.

Mesmo se quiser apenas uma vida tranquila, é normal as vezes ficar se perguntando qual o seu objetivo no mundo, por exemplo. Para lhe ajudar a encontrar o que lhe move e descobrir um propósito para a sua vida, faça as seguintes perguntas para si:

  • O que atrai meu interesse e o que eu gostaria de fazer?
  • Quais são os problemas que mais eu acho preocupantes no mundo e gostaria de resolver?
  • No que eu sou bom ou tenho interesse em aprender?
  • O que é importante para mim?
  • Como eu posso contribuir para a sociedade/humanidade?
  • Como posso aproveitar minhas qualidades nisso?
  • Como juntar tudo o que me faz bem para encontrar o que me dá felicidade?

Depois de responder essas perguntas e de muito tempo de reflexão, ficará mais claro o que lhe inspira e o que mais lhe faz feliz.

Como encontrar o que me faz feliz ajuda a melhorar minha relação com o dinheiro?

Depois das 5 maneiras, que podem mais ser usadas como dicas para encontrar o que lhe faz feliz, você deve se perguntar: “certo, mas como isso vai me ajudar a melhorar minha relação com o dinheiro?”

Pode parecer que uma coisa nada tem a ver com a outra, mas a verdade é que sim, encontrar o que lhe faz feliz pode mudar a forma como você trata seu dinheiro. Entenda melhor a seguir.

Autoconhecimento

Como citado, o autoconhecimento é essencial para sermos felizes. Quando praticamos essa habilidade, conseguimos entender nossas limitações, nossos pontos fortes e fracos, sabemos o que nos faz bem e o que nos deixa infeliz.

Quanto mais profundamente entendemos quem somos, maiores são as nossas chances de estabelecer objetivos de vida mais bem definidos. Se você se conhece, sabe como se encontrar e procura fazer o que lhe faz bem.

Dessa forma, você evita gastar seu dinheiro no que não importa e principalmente, utiliza-o no que realmente lhe alegra.

Além disso, como o autoconhecimento envolve saber das limitações, você saberá melhor dos seus limites e evita gastar de forma inconsequente, pois entende que seus recursos financeiros devem atender às finalidades primordiais.

Propósito nos ajuda a ter foco

Quem entende seu papel no mundo – e encontrou seu propósito – conseguirá estabelecer metas e objetivos mais claros e manter-se focado para realizá-los. Dessa feita, todo o seu recurso financeiro será utilizado com sabedoria para a concretização desses sonhos.

Quem tem foco e elimina o máximo de dúvidas sobre o que gosta de fazer e sobre o sentido de sua vida, pensando de forma mais clara como utilizar seu dinheiro. Quem encontra seu propósito é feliz com o que faz e sente-se realizado com isso.

Dessa maneira, as pessoas nao perdem tempo gastando dinheiro por compulsão, procurando objetos que podem lhe trazer uma sensação de bem-estar, de modo a compensar as frustrações da rotina diária.

Concluindo

Encontrar o que lhe faz feliz é o desejo de muitos. Fazer essa descoberta pode lhe deixar mais realizado, tanto pessoalmente quanto profissionalmente e pode ajudar você a viver uma vida mais plena e com propósito, alinhada com o seu estilo de vida, suas preferências e suas ideias.

O mais interessante de tudo é que quando encontramos o que nos faz feliz, podemos melhorar nossa relação com o dinheiro. Isso torna-se possível a partir do momento que estabelecemos prioridades, nos autoconhecemos, sabemos o que verdadeiramente nos traz alegria e definimos metas e objetivos de acordo com nossos propósitos.

Se você deseja saber o que lhe faz bem, coloque em prática as 5 maneiras explicadas no artigo e descubra o que realmente lhe fará uma pessoa mais realizada e melhore sua relação com seu dinheiro!

E falando em melhorar sua relação com o dinheiro, que tal aprender a fazê-lo trabalhar para você? Assine a newsletter e aprenda a utilizar seu dinheiro de maneira eficiente como os nossos assinantes!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *