Se você acompanha o Blog de Valor e já leu nosso artigo sobre a importância da inteligência emocional no ambiente corporativo deve saber o quanto tomar decisões inteligentes no dia a dia pode ser fundamental para o seu sucesso nas mais diversas áreas da sua vida. Mas, como utilizar esta inteligência em favor dos seus investimentos?

É neste contexto que entra a importância da inteligência financeira – que permite a qualquer investidor reunir todas as suas capacidades e habilidades em favor de um melhor desempenho nos investimentos. Se você investe, pensa em investir ou conhece alguém que realiza investimentos, este artigo é para você.

Quer saber mais sobre a inteligência financeira e aprender a aplicá-la na hora de realizar e acompanhar as suas aplicações? Então continue lendo o artigo de hoje e descubra!

O que é inteligência financeira?

A inteligência financeira pode ser definida como uma ferramenta essencial para quem deseja aprender a tomar boas decisões sobre o dinheiro e sobre os seus investimentos, realizando movimentos assertivos que resultam em benefícios para o próprio investidor. É a partir da aplicação da inteligência financeira que se toma decisões equilibradas quanto ao dinheiro – utilizando e aplicando seus ganhos de maneira inteligência.

Ter conhecimento sobre o mercado financeiro e seus produtos, ter disciplina para poupar dinheiro, ter consciência de seu perfil de investidor, ter controle das finanças pessoais, ter as contas em dia, despesas controladas e organizadas e, é claro, ter a noção clara dos seus objetivos de vida – que são o que definem seus objetivos financeiros – são algumas das características inerentes à aplicação da inteligência financeira.

A soma de todas essas habilidades é fundamental para que qualquer pessoa atinja seu sucesso financeiro de maneira mais fácil, em uma caminhada mais tranquila rumo à independência financeira.

Desenvolvendo a inteligência financeira

Estas habilidades podem parecer simples de serem conquistadas, mas saiba que manter todos estes hábitos no dia a dia pode ser muito mais difícil do que se pode imaginar. Além disso, é importante ressaltar que no Brasil ainda é pequeno o número de pessoas que têm consciência da importância de cuidar do dinheiro e manter uma inteligência financeira nas decisões do dia a dia que envolvem as finanças e os investimentos.

Mas, mesmo que você não tenha nascido com esta importante habilidade de cuidar bem das finanças, não se preocupe: esta capacidade pode ser aprendida e desenvolvida por qualquer pessoa que tenha interesse real em desenvolvê-la e aplicá-la no seu dia a dia em favor do seu dinheiro e dos seus investimentos.

Para isso, é preciso – em primeiro lugar – criar consciência financeira. Ter noção do dinheiro que possui, do quanto se ganha e o quanto se gasta; estar disposto a poupar e definir seus objetivos financeiros são alguns dos passos que não podem ser ignorados por qualquer um que deseja desenvolver a inteligência financeira e utilizá-la na hora de investir.

Criada esta consciência, é bastante provável que você desenvolva hábitos diários saudáveis em relação às finanças. E, desta forma, ficará muito mais fácil aprender a tomar decisões inteligentes na hora de lidar com o seu dinheiro e com os investimentos que você realizar ao longo da vida.

Confira, a seguir, algumas dicas para desenvolver sua inteligência financeira e aplicá-la na hora de realizar e acompanhar os seus investimentos:

Aprenda a poupar

Um dos primeiros pontos que devem ser lembrados na hora de desenvolver sua inteligência financeira é aprender a poupar seu dinheiro. Tenha disciplina para poupar e faça disso um hábito.

Uma dica para evitar gastar o dinheiro destinado aos investimentos, por exemplo, é separar uma parcela dos seus rendimentos assim que receber – para não correr o risco de gastar com compras por impulso.

Tenha um planejamento financeiro

Monte sua planilha de gastos mensais, faça seu controle e organize as suas finanças. Você pode usar o Excel, um aplicativo de controle financeiro ou até mesmo papel e caneta.

O importante é você ter a determinação e controlar seus gastos, saber onde poupar e fazer as melhores escolhas para seu dinheiro.

Tenha objetivos financeiros

Saiba quais são seus objetivos de vida, defina planos para curto, médio e longo prazo. A partir disso, os seus objetivos devem ser moldados no que se refere às finanças.

Ter o objetivo de formar uma reserva de emergência e fomentar a acumulação de patrimônio no longo prazo também podem ser excelentes opções para quem deseja ter uma vida financeira mais tranquila. A partir disso, você consegue definir quantias a poupar e onde alocar o valor disponível para aplicações,

Conheça os produtos e o seu perfil

Para investir corretamente é necessário saber o que está sendo feito. Por isso, leia, estude sobre mercado financeiro e conheça os produtos disponíveis para investimento que estão alinhados ao seu perfil e seus objetivos financeiros.

Se você ainda não sabe qual é seu perfil de investidor, basta clicar aqui e responder ao questionário para descobrir se você tem um perfil mais conservador, moderado ou agressivo. Conhecendo os produtos do mercado e o seu perfil, ficará muito mais fácil fazer escolhas acertadas para seus investimentos.

Seguindo estas dicas você conseguirá desenvolver sua inteligência financeira e incrementará suas habilidades para lidar melhor com o seu dinheiro no dia a dia e com suas decisões de investimentos, a fim de atingir seus objetivos financeiros com muito mais facilidade.

Gostou do artigo de hoje? Então aproveite e assine nossa newsletter para receber conteúdos e dicas exclusivas sobre finanças e investimentos no seu e-mail!

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”. Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. solqierw    

    Obrigado por este artigo, agora eu entendo este tema difícil na minha vida financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *