Economizar em uma viagem de cruzeiro pode fazer uma boa diferença no orçamento ao final do passeio. E, quem busca ter uma experiência dessas sabe muito bem que, dependendo do cruzeiro e a rota do passeio, o investimento pode ser alto.

Felizmente, há diversas dicas que podem ajudar você a economizar, tanto na hora de escolher e comprar seu cruzeiro quanto durante toda a viagem.

Quer viajar de cruzeiro mas não sabe o que fazer para economizar? Então confira nossas dicas!

Como economizar na compra de uma viagem de cruzeiro?

Quem nunca viajou de cruzeiro pode pensar que esse estilo de viagem só cabe no orçamento de quem tem uma boa remuneração. Mas isso não é verdade.

Muitas viagens são feitas em navios de luxo e acabam sendo bastante caras. Mas isso não significa que não haja cruzeiros mais em conta. Acompanhe as dicas a seguir e saiba como escolher uma viagem de cruzeiro que caiba no seu bolso!

1. Pesquise passagens em janelas anônimas

Da mesma forma quando você pesquisa por passagens aéreas baratas, algumas dicas podem valer para quem procura um cruzeiro para passear. Sempre que for pesquisar os cruzeiros, procure utilizar a aba anônima do seu computador.

Outras dicas que especialistas dizem que ajuda é limpar os cookies e o histórico do seu navegador. Alguns deles afirmam que, quando pesquisamos o preço de algum produto pela segunda vez, o preço pode até aumentar, pois os registros denunciam que você está realmente interessado em adquirir o produto que consultou e não precisa de maiores incentivos para fechar o negócio.

2. Pesquise em diferentes sites

Pesquise e compare os valores das viagens de cruzeiro em sites de diferentes empresas de turismo. Além disso, procure em sites e aplicativos especialistas que oferecem promoções.

Certifique-se de que fez uma pesquisa completa antes de fechar o negócio. Caso veja um valor muito abaixo e que pareça suspeito, certifique-se de que a empresa que oferece é séria e está regulamentada.

3. Escolha um cruzeiro curto

Existem no mercado cruzeiros curtos, com tempos menores que 1 semana, como de 5 ou 3 dias. Esses “mini cruzeiros” acabam sendo mais baratos do que cruzeiros mais prolongados.

Para pagar um valor ainda melhor, acompanhe as ofertas e compre seu pacote com uma certa antecedência, pois os preços podem subir muito perto da data da viagem. Comprar muito tempo antes também não é o ideal.

Além do tempo do cruzeiro, prefira comprar quartos menores, como aqueles em andares mais baixos. Essas cabines não têm varanda e são menos “atraentes”, tendo um valor muito mais em conta.

4. Escolha viajar na baixa temporada

Viajar de cruzeiro na alta temporada obviamente deixa o valor do passeio mais alto. No Brasil, por exemplo, a alta temporada é geralmente entre os meses de dezembro e março, no período de calor.

A baixa temporada acontece entre abril e novembro, embora nem sempre haja disponibilidade de navios durante todo este período. Se você for fazer um cruzeiro fora do país, pesquise as épocas de alta e baixa antes de escolher a data.

O ideal é tentar ser o mais flexível possível, pois viajar na baixa temporada definitivamente deixa o valor da viagem mais em conta.

Além disso, verifique todas as opções incluídas no pacote antes de contratar o serviço para que não haja futuras frustrações.

Como economizar durante uma viagem de cruzeiro?

Agora que você já sabe como comprar um cruzeiro mais barato, precisa saber como aproveitar a viagem gastando pouco! Em primeiro lugar, lembre-se que cruzeiros não são somente navios com quartos e restaurantes.

Muitos deles têm SPA, lojas, piscinas, restaurantes, dentre outros serviços. Quanto maior e mais luxuoso, maior a quantidade de serviços. Por isso, acompanhe algumas dicas para não gastar muito durante sua viagem!

1. Não faça os passeios oferecidos pelo Cruzeiro

Todo cruzeiro, quando para em um dos destinos estabelecidos, acaba oferecendo passeios guiados pela cidade. Esses passeios não estão incluídos no contrato! A grande maioria cobra a parte e o preço geralmente não é barato.

O melhor a se fazer é deixar esse passeio guiado de lado para economizar e conhecer o local por conta própria, utilizando as ferramentas tecnológicas disponíveis ou até adquirindo passeios fora do navio.

2. Não fique nas lojas

As lojas dentro dos cruzeiros costumam ser caras. Logo, se quiser comprar lembrancinhas da viagem, o ideal é não adquirir dentro do navio e comprá-las fora quando visitar alguns dos destinos do cruzeiro.

3. Resista ao SPA

Muitos cruzeiros oferecem serviços de SPA, que em geral é cobrado à parte e costuma ter um valor alto. Por mais que seja um serviço muito atrativo, se quiser economizar e fazer um cruzeiro apenas para viajar e aproveitar o tempo, evite ir ao SPA.

4. Não vá aos cassinos

Sim, alguns navios têm cassinos para a tripulação se divertir. A regra aqui vale para todo tipo de cassino, não somente aqueles dentro do cruzeiro: evite-os.

Se você não quiser perder dinheiro e não costuma ter controle na hora de gastar seu dinheiro, esse é o primeiro local que deverá manter distância. 

5. Procure outras formas de utilizar a internet

Tudo o que puder ser cobrado no cruzeiro, acredite: eles vão lhe cobrar. Com a internet, não é diferente. O acesso pode ser caro, assim como os serviços telefônicos.

Nesse momento, você tem duas alternativas: tirar uma folga da internet e relaxar ou levar sua própria internet, comprando um bom chip antes de entrar no navio. Vale lembrar, no entanto, que em alto mar a internet dificilmente funcionará.

6. Tente ter uma rotina normal

O que quer dizer ter uma rotina normal? Em um passeio de cruzeiro, é lógico que as pessoas gostam de aproveitar. No entanto, praticamente o valor de todos os produtos e serviços dentro do navio acabam sendo mais caros que os normais.

Por isso, o ideal é você não sair tanto assim do padrão do seu dia a dia. Por exemplo, você não precisa tomar bebidas alcoólicas todos os dias no cruzeiro. Esse tipo de produto acaba sendo altamente dispendioso, e gastar todas as suas economias em álcool não é uma das melhores formas de usá-las, não é mesmo?

Por isso, busque não exagerar nesses quesitos, pois o que importa é aproveitar o passeio, certo?

Confira outras dicas para poder viajar com economia:

Conclusão

Economizar em uma viagem de cruzeiro pode ser uma tarefa um tanto quanto árdua. Mas não é impossível se você tiver informações de qualidade e um direcionamento adequado.

Utilize as dicas do artigo para economizar na hora da compra e durante seu passeio e tenha uma viagem inesquecível, sem precisar tirar muito dinheiro do bolso!

Você gosta de viajar? Então que tal aprender a fazer seu dinheiro trabalhar para que você tenha recursos para suas viagens?  Clique aqui e aprenda a investir melhor!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *