Existem pontos de vistas diferentes quando o assunto é investir em imóvel. Há quem veja uma casa ou apartamento como criação de patrimônio, e há aqueles que acreditam que o investimento hoje em dia não vale mais a pena.

Não queremos entrar aqui nesta discussão. Nosso objetivo neste artigo é conversar com você que decidiu escolher um imóvel e ainda tem algumas dúvidas de como encontrar aquele que será melhor – inclusive financeiramente – para você.

Como escolher um imóvel para morar: pontos gerais

Comprar um imóvel é diferente de investir. Ou seja, os critérios de avaliação são diferentes, pois quem será o morador deve pensar em itens importantes como:

  • Vizinhança: aqui entra tudo que tem na redondeza do imóvel. Se você tem filhos, talvez seja ideal um local mais calmo ou que tenha escolas próximas. Ou pode ser que para o seu interesse seja importante estar mais perto de centro.
  • Localização: no mercado imobiliário a localização é um item valioso. Avalie se o bairro é seguro, se o imóvel está localizado numa zona de crescimento e quais os meios de transporte para acessá-lo. Geralmente, empreendimentos em locais que ainda estão se desenvolvendo costumam ser mais em conta.
  • Metragem e cômodos: o tamanho da casa ou apartamento, bem como a quantidade de cômodos, importa tanto pelo preço quanto pelo número de pessoas que irão habitá-lo.
  • Comodidades: no caso de apartamentos ou de casas em condomínios é interessante avaliar as comodidades que o espaço oferece. Muitos têm academia, playground, piscina, salão de festas, etc.
  • Construtora: principalmente se for um imóvel na planta não esqueça de verificar outros empreendimentos da construtora para averiguar se ela cumpre com o que promete e até mesmo se é de confiança.

Cada um desses itens é muito pessoal, sendo que a importância varia de pessoa para pessoa. Por exemplo, alguém sem filhos pode se preocupar mais com os meios de transporte próximos ao imóvel do que com questões como escolas e espaços de recreação.

No entanto, existe um fator que possui um peso fundamental para a maioria de nós: o preço.

Como escolher um imóvel: o orçamento

Escolher um imóvel não é o mesmo que comprar uma roupa que pode ser esquecida no armário ou deixar de servir no mês seguinte. Tampouco pode, caso se arrependa ao chegar em casa, ser trocado.

Como exige uma certa soma de dinheiro envolvida, a compra de um local para morar deve ser algo bem estudado. Além dos itens citados no primeiro tópico, o imóvel precisa caber no orçamento. Do contrário, o sonho de ter a casa própria pode virar um pesadelo com o passar dos meses.

Para que tudo não se torne uma desilusão, separamos alguns cuidados para a hora de montar o planejamento para compra de imóvel. Acompanhe:

1. Saiba quais são suas entradas e saídas financeiras

O primeiro ponto antes mesmo de escolher um imóvel é saber a realidade do seu bolso. Para isso, precisará de um controle financeiro.

É por meio deste controle que você conseguirá avaliar se terá dinheiro para pagar tanto pelo financiamento – se for o caso – quanto pelas despesas gerais de um imóvel. Então, caso você ainda não faz o orçamento doméstico, a sugestão é que comece o quanto antes.

Anote todo o dinheiro que entra na sua conta e levante os gastos mensais. Se sua intenção é escolher um imóvel para morar, pode ser que suas finanças estejam em dia. Caso contrário, a sugestão é que primeiro tenha que organizá-la.

Também, ao avaliar seu orçamento é possível que você chegue à conclusão de que precisa apertar mais o cinto. Se for essa a sua situação, veja algumas opções para reduzir suas despesas mensais.

2. Analise o quanto você pode pagar por mês pelo imóvel

Duas questões devem ser avaliadas neste item. A primeira é com relação ao financiamento.

Se pretender financiar o imóvel, tenha definido o valor máximo que seu orçamento permite de financiamento. Podem existir aquelas eventuais parcelas maiores conhecidas como  “balão”. Lembre-se ainda que financiamentos imobiliários estão sujeitos aos reajustes mensais e à incidência de juros. Prepare seu budget para todos esses pontos também.

O segundo é sobre as despesas do imóvel em si. Mesmo que sua intenção não seja a de morar imediatamente no imóvel, uma hora ou outra terá despesas como energia elétrica, internet, gás, entre outras.

Como comentamos, um dos itens de avaliação na hora de escolher um imóvel são as comodidades que ele oferece. Essas comodidades têm um preço e dependendo do número de moradores pode ser que os gastos do condomínio sejam muito altos para seu orçamento. Não esqueça de colocar tudo isso na ponta do lápis.

3. Tenha uma reserva de emergência

O que acontece se você perder o emprego? Ou se ocorrer um imprevisto com seu imóvel e você tiver que desembolsar um dinheiro que não esperava?

Para resolver casos assim sem que haja um rombo no seu orçamento, existe a reserva de emergência. O ideal é que você já tenha um colchão financeiro quando for escolher um imóvel, pois isso dará uma certa tranquilidade se uma eventual surpresa surgir no meio do caminho.

Mas, se não for o seu caso, será necessário montar uma reserva. O aconselhável é que ela cubra e mantenha seu padrão de vida por, no mínimo, 6 meses. Para saber como montá-la, acesse o guia definitivo da reserva de emergência: o que é, como montar e quais os melhores investimentos?

Para fechar: vale a pena comprar um imóvel?

Neste post abordamos alguns pontos de atenção importantes a considerar na hora de escolher um imóvel. Mas, sempre vem a pergunta: aluguel ou casa própria?

Acreditamos que a resposta seja muito particular, pois depende do momento de vida da pessoa e também de quais sonhos ela possui. Se você pensa a respeito, deixamos a recomendação de um artigo que ajudará nessa reflexão: Aluguel ou casa própria: como escolher o melhor caminho?

E se este artigo foi útil a você, compartilhe-o em suas redes!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *