Investir é um hábito que está, pouco a pouco, ganhando espaço no dia a dia dos brasileiros. Apesar disso, muita gente ainda acredita que é preciso ter muito dinheiro disponível para realizar investimentos – o que não é verdade.

Aplicações como o Tesouro Direto, por exemplo, permite ao investidor realizar aportes baixíssimos. Existem, no entanto, muitas outras opções de investimentos para aqueles investidores que não dispõem de grandes quantias para os primeiros aportes.

No artigo de hoje vou mostrar para você como investir 500 reais no mercado financeiro e dar os primeiros passos no mercado em direção ao acúmulo do seu patrimônio e à sua liberdade financeira. Continue a leitura e descubra!

Os primeiros passos

Ao longo dos meus mais de 10 anos de atuação no mercado financeiro, foram muitos os investidores que me procuraram para tirar dúvidas sobre os primeiros passos no campo dos investimentos. Muitos destes investidores acreditavam que boa parte dos conteúdos sobre finanças pessoais e investimentos disponíveis online não estavam em linha com suas respectivas realidades de poupadores e investidores iniciantes.

Entre estes investidores iniciantes é comum encontrar jovens que ingressaram há pouco tempo no mercado de trabalho ou até mesmo pessoas que estão conseguindo, apenas no momento atual, poupar uma quantia do seu dinheiro mensal e destiná-las para os investimentos.  E, para eles, a grande quantidade de informações e opções para investimentos – como investimentos em fundos multimercados, investimento em ações, LCI, LCA, investimento em CDBs, entre outros – acabam, muitas vezes, por gerar ainda mais dúvidas e dificultar os primeiros passos no mercado financeiro.

Se este for o seu caso ou se você conhece alguém que deseja investir mas tem dúvidas e ainda muitos receios, saiba que não é preciso se assustar com a quantidade de informações sobre investimentos e finanças disponíveis aqui no Blog de Valor e em outros canais informativos. É perfeitamente possível iniciar seus investimentos com tranquilidade e solidez sem que haja necessidade de dominar todo o assunto de uma única vez.

Como investir 500 reais no mercado financeiro?

Seja para investir 500 reais no mercado financeiro ou outra quantia qualquer – menor ou maior, o investidor precisa ter em mente que sempre existirão opções de investimento que se adequarão aos seus objetivos financeiros, ao seu perfil de investidor e à sua realidade pessoal. Não importa o montante que você tenha: sempre é possível investir.

É preciso, no entanto, ter em mente que, quanto maior a quantidade de dinheiro disponível para investimentos, maiores serão as opções de investimento que você terá à disposição no mercado financeiro. Além disso, quanto maior forem seus aportes, maiores serão as chances de você conquistar seus objetivos financeiros em menos tempo.

Também é importante que o investidor saiba que, quando você possui 500 reais ou menos para investir, não vale a pena diversificar tanto os investimentos – uma vez que, simplesmente, não existirão muitos produtos de qualidade que aceitem aportes baixíssimos, que permitiriam, em tese, uma diversificação de carteira para investidores com menor capital. Neste caso, a sugestão para quem está começando a investir agora é focar na capacidade de poupar e guardar dinheiro.

Poupando e guardando dinheiro

Quando o capital de um investidor ainda é inicial, a rentabilidade do investimento jamais irá superar sua capacidade de guardar dinheiro com freqüência. Isso ocorre porque qualquer investimento rende apenas sobre um capital que já existe.

Imagine, por exemplo, que você já sabe como investir 500 reais no mercado financeiro e encontre um produto financeiro que lhe renda 40% de ganhos em um ano. Nesta situação hipotética – e bastante improvável nos dias atuais, seu investimento lhe renderia 200 reais – resultando em um patrimônio total de apenas 700 reais em um único ano.

Por um outro lado, se você tiver estes 500 reais aplicado – independente da rentabilidade obtida – e continuar poupando e aplicando 500 reais ou até um valor mais baixo todos os meses, você conseguirá acumular muito mais dinheiro ao longo de um ano.

Neste momento, portanto, o foco do investidor deve se manter justamente no hábito de poupar e guardar dinheiro com freqüência – e não na rentabilidade do investimento que, mesmo que fosse muito significativa, não traria resultados importantes sobre um patrimônio inicial muito baixo.

A reserva de emergência

Tendo em mente a importância de seguir acumulando patrimônio ao longo do tempo – independentemente da rentabilidade dos investimentos, o investidor deve se atentar a uma outra questão extremamente relevante: a formação da reserva de emergência. Afinal, é a reserva de emergência que lhe dará tranquilidade para dar continuidade à acumulação financeira sem se preocupar com eventualidades e imprevistos relacionados ao dinheiro.

O ideal é que o investidor procure formar uma reserva que cubra, no mínimo, 6 meses de despesas – o que lhe permitirá ter uma tranquilidade maior para resolver problemas financeiros em caso de perda do emprego, por exemplo, ou outras situações eventuais.

Esta reserva de emergência pode ser formada por meio de aportes em um fundo DI com baixas taxas de administração, Tesouro Selic ou CDB com liquidez diária.

Clique aqui e conheça o Tesouro Selic Simples, que possui taxa de administração de 0,09% ao ano.

Aprendendo a investir

Neste início de jornada no mercado financeiro, portanto, você deve relaxar e dar-se um tempo para aprender a investir, descobrir as melhores opções de investimento para o seu perfil enquanto investidor e conhecer mais a fundo o mercado financeiro e o mundo das finanças. O seu foco, portanto, não deve estar na diversificação ou nas melhores rentabilidades disponíveis, mas sim no hábito de poupar e acumular dinheiro para os próximos aportes.

Em enquanto você não tiver patrimônio financeiro equivalente a, no mínimo, 6 vezes sua renda mensal, tente não se preocupar sobre onde e como investir 500 reais no mercado financeiro: dê preferência ao Tesouro Selic, a um bom fundo DI com taxa de administração muito reduzida ou CDBs com liquidez diária que lhe pague algo próximo a 100% do CDI e siga sempre em direção à acumulação de patrimônio.

Somente por meio do hábito de poupar e acumular dinheiro você conseguirá realizar aportes cada vez maiores e melhores – resultando em melhores rentabilidades e acumulação de patrimônio em uma velocidade cada vez maior.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *