Você sabe o que você faz com o seu dinheiro? Você sabe com o que você gasta? Possui o suficiente para investir e para se garantir caso ocorra uma emergência ou você perca seu emprego? Se a resposta for não para todas as perguntas, infelizmente você está bem longe de alcançar a sua liberdade financeira.

Mas isso não quer dizer que você não possa começar a caminhar para adquirir sua própria independência financeira agora mesmo. Já listamos, em outro artigo aqui do site, algumas dicas sobre o que você deve fazer para conquistar a sua liberdade financeira em 2019.

No artigo de hoje, listaremos todas as coisas que você NÃO deve fazer para alcançar a sua independência financeira. Leia com atenção as dicas abaixo e comece a se policiar para não repetir esses atos que só servem para afastá-lo de conseguir a tão sonhada liberdade financeira!

O que NÃO fazer para alcançar a sua independência financeira?

Como você já sabe, conquistar a independência financeira depende, quase que totalmente, das escolhas que fazemos no dia a dia e dos nossos hábitos.Dessa maneira, caso a lista abaixo contenha algum hábito que você ainda mantém, pense em mudar sua atitude o quanto antes e começar a ter hábitos financeiros bem mais saudáveis.

Confira a seguir o que NÃO fazer se o seu objetivo é alcançar a liberdade financeira:

1. Depender do dinheiro de terceiros

O primeiro passo para NÃO alcançar a independência financeira é não ser independente. Não trabalhar faz com que seja quase impossível saber o melhor caminho e descobrir como alcançar a sua liberdade financeira.

Se você quer viver do dinheiro dos seus pais até os cinquenta anos, é uma escolha sua, mas o dinheiro nunca será completamente seu.

Para caminhar em direção à liberdade e independência financeira, é importante começar a visualizar sua vida independente: ter um trabalho ou uma empresa que lhe ajudem a pensar no dinheiro como um abridor de portas.

2. Gastar rápido demais

Salário pingou? Então é hora de almoçar em um restaurante caro, comprar o smartphone de última geração parcelado, comer fora todo dia e aí… Quando você vê, o dinheiro já foi embora. Claramente, você não irá conseguir sua liberdade financeira gastando seu dinheiro de forma rápida e descontrolada.

Agindo assim, fica mais fácil cair na tentação dos cartões de crédito e começar a gastar com coisas que você deveria ter se planejado para pagar durante o mês.

Gastar rápido demais, por exemplo, também faz com que você utilize o seu ticket refeição logo no começo do mês e, se você não tem tempo para cozinhar, terá que gastar mais dinheiro ainda para comer perto do trabalho. Uma coisa leva a outra e quando você percebe, já dobrou a fatura do cartão.

Por isso, cuidado: um dos jeitos mais fáceis de nunca atingir sua independência financeira é gastando seu dinheiro logo nos primeiros dias em que o recebe.

3. Fazer do trabalho apenas uma obrigação

“Trabalhar por trabalhar” faz com que seja difícil ter gosto para se desafiar, descobrir novos interesses, novas habilidades e até novas paixões que podem lhe render dinheiro.

Sim, precisamos trabalhar para sobreviver, mas lembre-se daquele ditado clássico: trabalhe com algo que você ame e nunca terá que trabalhar um dia da sua vida.

Trabalhar com algo que você odeia vai fazer com que você não tenha vontade de crescer e, dessa maneira, continue fadado a ganhar o que ganha e a gastar sem pensar no seu futuro profissional. Assim, você se distancia ainda mais do sonho de atingir a sua liberdade financeira.

4. Não ter objetivos para o dinheiro

Não ter objetivos faz com que você também não crie planos para usar o seu dinheiro de forma adequada, pensando na sua independência. Dessa maneira, você acaba gastando grande parte desse dinheiro sem pensar duas vezes e acaba utilizando a sua renda para coisas com pouco significado, que distanciam você ainda mais da liberdade financeira.

Você poderia estar investindo em um curso de algo que você sempre quis estudar, na compra de um novo computador, abrir sua própria empresa ou investir no seu negócio atual (caso já tenha algum).

Mas se você não para pensar nisso, você acaba gastando seu dinheiro e, quando percebe, não possui nada para investir em algo que pode lhe ajudar a alcançar sua independência financeira.

Existe vários tipos de investimentos, entre os quais você pode escolher a melhor opção para o seu momento e de acordo com o seu perfil. Fique ligado, pois há sempre boas oportunidades de investimento disponíveis no mercado! 

5. Comprar coisas das quais você não precisa

Uma das frases mais famosas do filme Clube da Luta é a seguinte: “comprar coisas que não precisamos, com dinheiro que não temos para impressionarmos pessoas que não gostamos”. Apesar de ser uma frase da ficção, ela faz muito sentido no dia a dia de muita gente.

Muitas vezes, compramos alguma coisa que vimos em uma propaganda sendo que nem precisamos dela de verdade. Pare e pense: você realmente precisa de um quinto par de tênis da mesma marca? Ou sua casa realmente precisa daquela mesa inspirada em design oriental quando você já possui várias mesas?

Gastar em compras sem parar para pensar se o que você está comprando é algo realmente necessário ou que você realmente quer (você compra algo que uma propaganda lhe fez aceitar que é necessário), o coloca em um caminho que lhe distancia cada vez mais de construir sua liberdade financeira.

6. Não ligar para orçamento

Se você não fizer o orçamento mensal para saber o quanto ganha e o quanto gasta, nunca terá a verdadeira noção de quanto dinheiro você possui para gastar em coisas importantes, como foi mencionado acima.

Passando um pouquinho ali, um pouquinho aqui, gastando “apenas 10 reais” na corrida de carro no aplicativo… Pode parecer pouco naquele momento. Mas, quando você não anota esses gastos, você só percebe que eles se amontoam e acabam custando bem mais do que “só um pouquinho”.

É preciso se planejar. Sem isso, você nunca conseguirá ter uma visão clara do seu futuro e, então, alcançar a tão sonhada independência financeira. Sem fazer seu orçamento, você nunca irá alcançar a liberdade financeira.

7. Se jogar nos cartões de crédito e afundar em dívidas

Você quer comprar algo de grande valor que sempre quis, mas não tem a quantia total? Tudo bem! Afinal, você pode parcelar a compra no cartão de crédito e ter o que queria na hora do pagamento. Parece uma boa saída, não?

Errado! Parcelar grandes valores significa um gasto mensal a mais, o qual pode ser muito alto. Se você fizer, então, várias compras parceladas, estará preso a uma fatura que pode, inclusive, ultrapassar o seu salário. Assim, sua conta bancária fica no vermelho e você está preso no sistema rotativo de cobrança da instituição financeira.

Esse sistema atua como uma roda e, uma vez dentro, é muito difícil de sair. Usar o cartão sem pensar nas consequências de como ele pode te afundar em dívidas é um dos passos mais importantes para quem não quer alcançar a liberdade financeira.

Aprendeu? Então preste atenção para não repetir esses sete hábitos na sua vida. É mais que importante evitá-los ao máximo e começar a mudar seus hábitos financeiros se o seu objetivo é alcançar a liberdade financeira. Pense nisso!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *