Cada vez mais pessoas têm escolhido o caminho do empreendedorismo para o seu dia a dia. E não só no Brasil, onde atravessamos uma grave crise de desemprego, como no mundo inteiro.

Comodidade, flexibilidade, liberdade, além da possibilidade de ganhar muito dinheiro, com investimento inicial baixo, são algumas das vantagens que os empreendedores podem ter. Neste contexto, um profissional tem se destacado no mercado, na onda da tecnologia cibernética: o empreendedor digital.

Mas, como começar? O que é  de fato um empreendedor digital? Quais os benefícios e riscos desse tipo de atividade? E como se tornar um empreendedor digital de sucesso?

Continue lendo este artigo e descubra estas e outras respostas que vão ajudá-lo a saber tudo sobre negócios digitais e como ter a chance de faturar alto por meio deles. Pode acreditar, você não vai se arrepender!

Empreendedor digital: o que é?

O empreendedorismo digital é uma atividade que envolve a criação de um negócio digital. Portanto, o empreendedor digital é um profissional que trabalha basicamente na Internet, sendo a maioria de seus processos efetuados nesse ambiente.

Assim, inovação e tecnologia são as principais ferramentas do empreendedor digital, que vende através de suas mídias digitais.

Existem inúmeras possibilidades de empreender digitalmente. Muitas das atividades que antes eram realizadas apenas offline, agora podem ser (total ou parcialmente) feitas no espaço digital.

Alguns exemplos de negócios digitais são:

  • e-commerce;
  • portal de cursos;
  • blog;
  • canal no YouTube;
  • serviços oferecidos online;
  • aplicativos para dispositivos móveis

Como vivemos na chamada Era Digital, nenhum profissional pode ser mais promissor do que aquele que tem na tecnologia digital sua principal fonte de renda.

É claro que o mercado é concorrido e há vários riscos. Mas, para quem tem foco, dedicação e persistência, tornar-se um empreendedor de sucesso não é nenhum sonho distante!

Quais as vantagens de ser empreendedor digital?

Já mencionamos algumas das vantagens do empreendedorismo em geral, mas essas vantagens são ainda maiores quando se pensa em empreendedorismo digital.

O empreendedor digital, em geral, precisa de poucos recursos e uma estrutura física simples para começar – o que facilita muito dar início a um novo negócio.

Vantagens

Algumas vantagens práticas de ser um empreendedor digital são:

  • facilidade de acesso à internet e expansão constante da tecnologia digital: cada vez mais pessoas têm acesso à internet, através de diferentes mídias digitais como smartphones, tablets e computadores ou laptops;
  • crescimento do e-commerce: se o acesso à Internet cresce, também aumenta o número de pessoas que compram através dela. Ou seja, o comércio eletrônico está com tudo, e as projeções são de crescimento cada vez maior. O céu é o limite para quem trabalha com e-commerce.

Além disso, cada vez mais empresas de pequeno porte têm se destacado no mercado digital, através de marketing e branding de qualidade, baseado especialmente nas redes sociais e em anúncios Google;

  • negociações facilitadas: ficou mais fácil realizar negociações e transações comerciais pela Internet, sem a necessidade de presença física e de forma cada vez mais rápida e segura. Ainda mais quando não existe horário de atendimento, na maioria dos casos;
  • atendimento ao cliente mais dinâmico: os canais para entrar em contato com os vendedores tornam mais próxima a relação entre cliente e vendedor, de maneira que os vendedores e as lojas com bom atendimento ganham credibilidade e confiança. É possível interagir desde nas redes sociais, chats instantâneos, e-mail e telefone;
  • possibilidade de alcançar muitas pessoas: o mundo de hoje respira a Internet. Pessoas de todos os tipos estão lá, nas redes sociais principalmente. Por isso, ficou mais fácil chegar até seu público-alvo, seja no Brasil ou no Exterior.

Não há, portanto, barreiras geográficas, e as alternativas de marketing se expandem a cada dia, visando a satisfação total do cliente;

  • investimento inicial e custo operacional reduzido: o fato é que, em geral, negócios digitais geram economia em termos de estrutura física, funcionários, equipamentos e operações. É possível começar um negócio digital apenas com uma pessoa e um computador, e se tornar um empreendedor de sucesso. Custos como aluguel, manutenção de uma equipe e transporte diminuem, e as reuniões podem ser online.

Ganhos

Talvez você esteja se perguntando: “ok, quero ser um empreendedor digital, mas qual o salário?” A melhor resposta para esta pergunta é que os ganhos variam muito, dependendo do tipo de negócio, dos seus objetivos e da sua gestão.

Contudo, seja qual for o caso, sonhe alto! Muitos já conseguiram realizar-se financeiramente –  até muito além de suas expectativas – como empreendedores digitais. Então planeje-se e mãos à obra!

Empreendedor digital: como começar?

Agora que você sabe o que é um empreendedor digital e as principais vantagens desse profissional, deve ter dúvidas sobre quais os primeiros passos a serem dados por quem deseja ser um empreendedor digital. Abaixo, você confere algumas dicas importantes para quem quer começar a empreender por meio da internet.

Escolha um nicho de mercado

Em primeiro lugar, tudo vai depender do nicho de mercado que você escolher. Já pensou com o que gostaria de trabalhar? O que gostaria de vender?

É claro que você pode se basear apenas nos produtos mais vendidos ou promissores da Internet, mas o ideal é que, além disso, escolha algo que o satisfaça de alguma forma. Quem sabe até alguma coisa com a qual tenha uma experiência prévia.

Formalize seu negócio

Você pode trabalhar como pessoa física, vendendo em plataformas como o Mercado Livre ou por conta própria. Porém estar formalizado, com um CNPJ, permite muitos benefícios ao vendedor, como descontos junto aos fornecedores e credibilidade com o cliente.

O empreendedor digital com registro MEI (Micro Empreendedor Individual), por exemplo, é uma boa alternativa: os custos mensais são baixíssimos, e o cadastro pode ser realizado de forma online, rápida e simples, assim como o cancelamento. Para aqueles que querem algo um pouco maior (o MEI tem algumas limitações, como número de funcionários e faturamento anual), é possível se registrar como Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte (EPP).

Verifique as possibilidades de formalização do seu negócio digital. Afinal, é sempre melhor estar registrado como empresa para realizar comércio.

Faça um plano de negócios

Empreendedorismo exige planejamento, seja online ou offline.  Por isso, nada melhor que um plano de negócios mostrando os detalhamentos, características e objetivos do seu empreendimento. Existem planos de negócios personalizáveis que você pode baixar online.

Um plano de negócios deve ser seguido à risca, embora ajustes possam ser realizados com o tempo. Ele vai explicitar o funcionamento do seu negócio, o público-alvo, as formas de venda, os pontos vulneráveis e fortes, os diferenciais diante da concorrência, etc.

Um dos modelos de plano de negócios mais utilizados é o Modelo Canvas, que você pode baixar online.

Escolha uma plataforma de vendas

São inúmeras as possibilidades: dos shoppings virtuais (conjuntos de vendedores, como Mercado Livre e Enjoei), chamados marketplaces, até lojas virtuais pré-prontas, personalizáveis, ou vendas por aplicativos e redes sociais como Instagram e Facebook.

É hora de você pesquisar onde pode conseguir maior retorno diante do seu público-alvo. Aliás, procure conhecê-lo através das redes sociais, seus comportamentos e preferências.

Não deixe de ficar de olho na concorrência, pensando em ter diferenciais que possam lhe dar um lugar de destaque no mercado.

Monetize

Como você vai gerar dinheiro com seu negócio? Qual o lucro desejado? Você conseguirá sustentar seu empreendimento sozinho, sem a necessidade de empréstimos com juros altos? A questão aqui é como o dinheiro vai entrar no seu negócio, para que você possa fazê-lo funcionar.

Você já sabe o que vai vender, escolheu uma plataforma de vendas. Agora é o momento de pensar na gestão financeira que é a base da gestão de um negócio.

Inclua orçamentos com marketing digital –  e conheça suas possibilidades – e despesas fixas e variáveis. Você vai vender com estoque físico ou dropshipping, que é a venda em que o fornecedor processa e envia o pedido ao cliente? Veja o que é melhor para você.

E o mais importante: nunca deixe de continuar aprendendo e melhorando seu negócio, pois a tecnologia está sempre oferecendo novos recursos para o empreendedor digital.

Então, o que achou do nosso artigo sobre a carreira de empreendedor digital? Deu para entender sobre essa atividade, e como pode ser simples e fácil começar esse tipo de trabalho? Deixe seu comentário!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *