Está tentando escolher um investimento e não sabe exatamente quanto o seu dinheiro renderá depois de determinado tempo? Quer comprar um carro e não sabe se vale a pena financiar? Deseja juntar R$1 milhão e quer descobrir quanto é preciso guardar por mês?

A calculadora do Banco Central (Bacen) pode ajudar você em questões como essas. Essa ferramenta financeira foi criada para ajudar o cidadão a tomar boas decisões quando o assunto é dinheiro. No entanto, relativamente poucas pessoas a conhecem.

Preparamos este artigo para apresentar a você a calculadora do Banco Central e suas funcionalidades. Continue lendo e veja como tirar o máximo proveito dela!

O que é a calculadora do Banco Central?

A calculadora do Banco Central também é conhecida como calculadora do cidadão. É uma ferramenta financeira que foi desenvolvida para ajudar qualquer pessoa a tomar decisões relacionadas com o seu dinheiro.

Ela está disponível no site do Bacen, e pode ser acessada neste link a partir do navegador. Além disso, é possível instalá-la no Android e no iOS.

Para que serve a calculadora do Banco Central?

Com a calculadora do cidadão, é possível fazer cálculos referentes a:

  • aplicação com depósitos regulares;
  • financiamento com prestações fixas;
  • valor futuro de capital;
  • correção de valores.

Consideremos a primeira funcionalidade: aplicação com depósitos regulares. Ela é útil para o caso de você querer saber quanto terá depois de determinado tempo investindo um valor fixo mensalmente.

Por exemplo, você investirá R$500 por mês durante 36 meses, e o investimento terá uma rentabilidade mensal de 0,2%. Com a calculadora do cidadão, rapidamente você descobre que o valor final será de R$18.681,81.

É possível fazer outro tipo de cálculo, também interessante. Por exemplo, suponhamos que você queira juntar R$1 milhão no decorrer de 25 anos, ou 300 meses. Quanto será preciso guardar por mês se a rentabilidade mensal for de 0,4%? A calculadora do cidadão indica um valor de R$1.723,08 por mês.

Percebe como esses cálculos financeiros são úteis? Eles podem ajudar você em uma variedade de decisões de investimento relacionadas com os seus objetivos. Isso porque nos concentramos até agora apenas em uma das funcionalidades da calculadora.

A seguir, você entenderá como usar cada uma delas!

Como usar a calculadora do Banco Central?

Agora você conhecerá um pouco mais sobre as quatro principais funcionalidades da calculadora do Banco Central. Confira!

Aplicação com depósitos regulares

Nessa funcionalidade, existem quatro campos:

  • número de meses;
  • taxa de juros mensal;
  • valor do depósito regular;
  • valor obtido ao final.

A ideia é que você sempre preencha três campos e deixe em branco o que será calculado. No celular, o quarto campo é calculado automaticamente. No navegador, pressione o botão “Calcular”, que está logo abaixo dos campos. Outros botões que podem ser úteis são: “Limpar”, “Voltar” e “Imprimir”.

Além disso, quando se acessa a calculadora pelo navegador, essa página exibe alguns exemplos de cálculos. Eles podem ajudar você a tirar dúvidas sobre o cálculo de aportes regulares.

Financiamento com prestações fixas

Para fazer cálculos de financiamento com prestações fixas, o aplicativo exibe quatro campos:

  • número de meses;
  • taxa de juros mensal;
  • valor da prestação;
  • valor financiado.

Aqui, mais uma vez, preencha três campos e deixe um em branco. Essa funcionalidade é útil para pessoas que estão pensando em financiar bens de valor mais elevado, em especial veículos e imóveis.

Se você tiver dúvidas ao fazer os cálculos, vale a pena acessar a partir do navegador. Assim você tem acesso a exemplos, que são, na verdade, exercícios. Com eles, é possível entender melhor essa funcionalidade.

Valor futuro de capital

Neste caso, o sistema apresenta quatro campos:

  • número de meses;
  • taxa de juros mensal;
  • capital atual;
  • valor obtido ao final.

Com essa funcionalidade, fica mais fácil você saber de quanto será o seu lucro com determinado investimento que tenha uma rentabilidade prefixada. Suponhamos que você decida investir R$5 mil em um Certificado de Depósito Bancário (CDB), e que seu dinheiro ficará investido por 12 meses.

Considerando uma rentabilidade mensal de 0,16%, qual será o valor obtido ao final? Com a calculadora do cidadão, com facilidade você descobre que o valor será de R$5.096,85.

Correção de valores

A funcionalidade de correção de valores oferece recursos muito úteis. Por meio dela, é possível corrigir um valor com base em diversos índices. Usando o aplicativo no celular, você verá que todos eles estão dentro da caixa “Índice de correção”.

Acessando a partir do navegador, eles estão separados em cinco abas:

  • índices de preços;
  • TR;
  • poupança;
  • Selic;

Desse modo, você pode atualizar um valor sem precisar conhecer o valor de um índice. Afinal, os principais já estão na base de dados do Banco Central. Desse modo, basta informar:

  • valor atual;
  • data inicial;
  • data final.

Quais são as vantagens da calculadora do Banco Central?

Com a calculadora do Banco Central, é mais fácil tomar decisões financeiras. Se não fosse ela, você precisaria de uma calculadora financeira, que é uma ferramenta bastante complexa. O problema é que poucas pessoas sabem como usá-la.

No entanto, com a calculadora do cidadão, tais cálculos se tornam acessíveis. Desse modo, toda pessoa pode tomar decisões de maneira mais consciente. Pense, por exemplo, na funcionalidade que permite calcular um financiamento.

Com a ajuda dela, uma pessoa pode evitar se comprometer com uma dívida que está além de sua capacidade financeira. É possível ver se as condições de determinado financiamento são realmente interessantes como a publicidade mostra.

Certas funcionalidades são especialmente úteis para quem investe. Por exemplo, a correção de valores pode ajudar você a entender o impacto da inflação sobre os seus investimentos. Além disso, é possível comparar a rentabilidade de diversos investimentos, o que ajuda na sua escolha.

Assim, não é difícil perceber que a calculadora do Banco Central pode ser uma ótima aliada da educação financeira. Quanto mais pessoas a conhecerem, melhor para o país. Se você passar a usá-la de agora em diante, será melhor para o seu bolso e para os seus objetivos financeiros.

Gostou de conhecer a calculadora do Banco Central? Compartilhe este conteúdo com os seus contatos nas redes sociais para que eles aprendam a usar o dinheiro de modo mais consciente!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *