shadow


A tecnologia está cada vez mais presente na vida das pessoas e nos negócios. Basta olhar para as principais empresas da atualidade e verificar que as que possuem mais valor de mercado estão ligadas a inovações tecnológicas. O mercado financeiro também está se modernizando e duas novidades que têm ganhado cada vez mais destaque são o robô trader e robô advisor.

Embora, geralmente, as empresas deem nome e tentem dar uma personalidade, não se trata de um robô físico, como você vê nos filmes de Hollywood, tampouco são máquinas que “roubarão” todos os empregos de analistas de investimentos.

Então, do que se tratam? O que exatamente é o robô advisor e trader? Como funcionam? Quais as principais diferenças entre eles?

Se você busca a resposta para uma ou todas as perguntas acima, continue a leitura e tire agora todas as suas dúvidas!

O que é um robô advisor

O robô advisor é um software de serviço de investimento. Uma inteligência artificial desenvolvida para indicar e supervisionar um portfólio de investimentos trabalhando em cima dos objetivos e perfis de cada investidor.

O advisor utiliza a variação para aumentar o retorno financeiro e diminuir os riscos e custos com o passar do tempo. Para pessoas que têm objetivos de investimento de médio e longo prazo e não possuem tempo hábil para ficar acompanhando o mercado, o serviço é uma ótima opção.

O que é um robô trader

Também é um software para serviço de investimento, porém, é indicado para operações de prazo curto. O robô trader automatiza estratégias de um investimento que trabalha um número grande de ativos e derivativos investidos nas bolsas de valores.

Além disso, o robô trader também trabalha com o Bitcoin, ou criptomoedas.

O serviço funciona com o investidor ajustando os parâmetros de uma gestão ativa. Mas ainda existe a opção de utilizar programações pré-configuradas no sistema do robô trader.

Trader é como são chamados os operadores de mercado. Aquela figura mostrada muitas vezes em filmes e reportagens como a pessoa que não pode desgrudar um minuto da tela do computador.

O robô trader vem justamente para cumprir o que é impossível para o ser humano: manter-se ativo em alto nível durante toda a jornada de trabalho. Por mais dedicado que seja, o operador possui necessidades, como ir ao banheiro e beber água, além de lidar com distrações, e pode ser justamente nesses intervalos que apareçam as grandes oportunidades.

Com o robô, basta que o investidor dê as coordenadas e ele fará isso independentemente do horário.

Principais diferenças entre o robô trader e robô advisor

Agora que você já sabe do que se trata cada um dos robôs, vamos montar um comparativo para entender a diferença entre eles. Para isso, estabeleceremos alguns parâmetros. Acompanhe.

Perfil do público ideal

Robô trader

Indicado para o investidor mais ativo, que deseja ganhos maiores em um curto ou médio período de tempo. O robô trader é ideal para os usuários que possuem conhecimento e tempo suficiente para montar estratégias e acompanhar seu desenvolvimento.

Robô advisor

Já o advisor é indicado para o público sem tempo para criar estratégias, análises ou mesmo acompanhar o mercado. Além disso, para todos os que não têm “pressa”, o advisor supre bem suas necessidades.

Aplicação mínima inicial

Robô trader

Como vimos, o robô trader é indicado para quem tem conhecimento para montagem de estratégias. Isso também determina o valor mínimo inicial para investimento. Ou seja, ele não tem um valor estipulado, o planejamento do investidor é o que apontará os números. Ainda que seja para novas operações de aplicações, o robô trader não estipula valores.

Robô advisor

Já com o advisor é completamente diferente, existem valores mínimos de entrada e, dependendo do perfil, alguns valores são indicados. Veja abaixo os valores praticados pelos mais conhecidos:

  1. Vérios (mínimo de R$12 mil ou R$5 mil se for convidado);
  2. Magnetis (mínimo de R$10 mil);
  3. Warren (mínimo de R$100 reais);
  4. Monetus (mínimo de R$100 reais).

Após a entrada é possível aportar valores a partir de R$ 100 em todos os casos citados.

Custos por investimento

Robô trader

A importância da estratégia no uso do robô é de fato determinante, pois é ela também que apontará os custos do investidor. Ou seja, custos como o da corretora na venda e compra de ativos podem variar de acordo com a estratégia traçada.

Robô advisor

Os custos com o robô advisor podem variar de acordo com a empresa escolhida. Veja abaixo o custo das mais conhecidas:

  1. Vérios cobra 0,95% de todo o valor investido;
  2. Magnetis cobra entre 0,49% e 1,18% ao ano, considerando a carteira;
  3. Warren cobra 0,80% ao ano de todo o valor investido;
  4. Monetus cobra 0,45% ao ano de todo o valor investido.

Rentabilidade

Robô trader

É impossível dizer exatamente qual o retorno, principalmente porque esses robôs atuam com renda variável. Mas, a estratégia escolhida pelo investidor é o que indicará o grau de rentabilidade que poderá ser alcançado.

Robô advisor

Já com o robô advisor, a rentabilidade depende de diversos fatores, inclusive, é claro, da categoria escolhida. Em perfis moderados é mais fácil ter uma aproximação dos ganhos, pois a maior parte dos investimentos é em renda fixa. No entanto, para perfis mais agressivos é impossível determinar a rentabilidade, pois o é risco maior, embora os ganhos a longo prazo geralmente sejam mais atraentes.

Riscos envolvidos

Robô trader

É um mercado de renda variável, por isso existem grandes riscos. Porém, o usuário do robô trader é aquele que precisa desenvolver estratégias, e isso ajuda a diminuir os riscos.

Por exemplo, é possível criar o plano “stop”, fazendo com que o robô interrompa o seu funcionamento em alguns períodos — isso pode evitar perdas maiores do que às pré-definidas.

Robô advisor

O risco aqui também é considerável, porém varia de acordo com a categoria do investidor. Mas, para os usuários que mexem com renda fixa, a boa notícia é que esta é segurada pelo Fundo Garantidor de Crédito.

Robô trader e robô advisor são basicamente inteligências desenvolvidas para auxiliar os mais diversos tipos de investidores. Eles garantem maior segurança e eficácia nas operações e conseguem suprir as falhas de um operador humano. Que tal separar um valor para investir nessa modalidade?

Para aprender mais sobre investimentos, mercado e finanças, você pode participar do treinamento online “O Investimento Perfeito”. Clique aqui e saiba mais sobre o curso.

Gostou do artigo? Conhece amigos que se interessariam pelo assunto? Compartilhe esta postagem em suas redes sociais!

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *