shadow


O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) anunciou, na última quarta-feira (21), a 12ª redução seguida da taxa básica de juros da economia brasileira – a Selic. Com o novo corte, a taxa caiu de 6,75% para 6,5% ao ano, no menor patamar de toda a série histórica, iniciada em 1986.

A decisão do Comitê em reduzir em 0,25 ponto percentual a taxa de juros brasileira se manteve em linha com as projeções de especialistas, que aguardavam uma nova queda na Selic para março, de acordo com o último Boletim Focus, divulgado pelo BC no início desta semana. A surpresa, no entanto, foi a sinalização do Copom para um novo corte da Selic já na próxima reunião, em 16 de maio.

Uma taxa básica de juros mais baixa tem como objetivo fomentar o crescimento da economia e controlar a inflação. Para os investidores, no entanto, sempre permanece a dúvida: quais são as melhores opções de investimento quando a Selic segue uma trajetória de queda? É sobre estas oportunidades que vamos falar a seguir.

Onde aplicar meu dinheiro?

O mercado brasileiro possui uma extensa lista de opções de investimentos, que atendem tanto o investidor mais conservador quanto aqueles mais moderados ou agressivos. Em um cenário de taxa Selic em queda, no entanto, alguns investimentos se tornam ainda mais interessantes, enquanto outros acabam se transformando em opções menos atrativas.

Os títulos públicos e privados prefixados, como o Tesouro Prefixado (LNT),  Certificados de Depósitos Bancários (CDBs), Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), etc, podem ser boas opções em tempos de queda na taxa de juros. CDBs de bancos menores – que oferecem opção de alto retorno do investimento e que são garantidos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC) – e ativos indexados à Selic também são interessantes para compor a carteira de investimentos

Já no mercado de ações, ativos ligados à infraestrutura em geral e de varejo, como ativos de construtoras e de empresas ligadas à concessão de rodovias, administradoras de shoppings centers, companhias de vestuário e bebidas, entre outras,podem valer a pena no médio e longo prazo. Apesar de mais arriscadas, as debêntures também podem se tornar opções interessantes para investidores com maior apetite ao risco.

Poupança é boa opção?

A poupança continua sendo uma opção pouco recomendada até mesmo com a queda dos juros. Além de render muito pouco em relação a outras opções de investimento disponíveis no mercado, parte do rendimento da poupança é vinculada à Taxa Referencial (TR), que também acaba caindo com a Selic mais baixa.

Além disso, com a taxa Selic a 6,5% – abaixo, portanto, do patamar de 8,5% ao ano, o rendimento da Caderneta de Poupança sofre ainda mais cortes. Por isso, o investimento acaba perdendo rentabilidade anual e se tornando uma opção pouco rentável para o investidor, já que existe uma diversidade de investimentos mais interessantes que a poupança no mercado até mesmo em situações nas quais os juros estão em queda.

Não deixe de investir!

Não importa se o seu perfil de investidor é conservador, moderado ou agressivo, há ainda muitas boas opções para compor uma carteira de investimentos sólida e com boa rentabilidade neste cenário atual. Por isso, caso você ainda não possua investimentos, este pode ser o momento ideal para começar a poupar e garantir um rendimento extra para o futuro.

Quer saber mais sobre as opções de investimentos em um cenário de Selic em baixa? Então acompanhe minha participação nesta quinta-feira (22/03), às 17h, no canal do BTG Pactual Digital no YouTube e conheça outras oportunidades para investir com a Selic a 6,5% ao ano.

E você, onde Investe seu capital em momentos de taxa de juros em queda? Deixe seu relato aqui nos comentários e compartilhe suas experiências conosco!

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *