Não, você não leu o título deste artigo errado! Existem formas muito eficientes de jogar dinheiro fora. Mas essa é uma área em que ninguém deseja eficiência, certo?

A verdade é que a organização financeira requer um bom controle do orçamento e a constância de hábitos financeiros positivos. Entretanto, nem sempre isso faz parte do dia a dia dos brasileiros.

O primeiro passo para avaliar como está a sua relação com o dinheiro é conhecer os principais vilões das finanças. Neste contexto, conhecer as maneiras mais eficientes de jogar dinheiro fora é uma boa forma de começar a adotar hábitos financeiros mais saudáveis no seu dia a dia.

E então, será que você está desperdiçando a sua renda? Descubra a resposta para esta pergunta conferindo 8 formas eficientes de fazer isso e saiba o que precisa ser mudado na sua vida financeira agora mesmo!

1. Consumir em excesso

Sem dúvida, o consumo excessivo é o responsável pelo aperto financeiro e até mesmo o endividamento de muitas famílias. Ele é uma das maneiras mais efetivas de jogar dinheiro fora. Afinal, funciona como uma torneira que está sempre pingando e mandando o seu salário pelo ralo.

Um dos grandes problemas de consumir em excesso é adquirir itens desnecessários. Em geral, o orçamento é atrapalhado por compras impulsivas e, muitas vezes, as pessoas enfrentam dificuldades para saber aonde foi parar o dinheiro que estava na conta.

Controlar os impulsos e planejar suas compras são as melhores estratégias para interromper esse vazamento e preservar a sua renda.

2. Pagar taxas bancárias desnecessárias

Não existe nada pior do que pagar por coisas que você não precisa. Geralmente, é isso que acontece com taxas bancárias.

Os bancos cobram um valor para o cliente utilizar serviços que, às vezes, não são necessários. E, ainda que sejam, o consumidor tem alternativas gratuitas para fazer uso dos serviços sem pagar nada.

No Brasil, todo o banco é obrigado a oferecer o pacote de serviços essenciais. Ele não tem custo e inclui uma quantidade de transações básicas (como saques e transferências). As pessoas que costumam fazer muitas movimentações na conta e pagar um custo alto também têm alternativas: abrir conta em um banco digital que não cobre taxas, por exemplo.

Mesmo que o valor mensal das taxas pareça pequeno, é importante lembrar que qualquer cobrança desnecessária é uma maneira de jogar dinheiro fora.

A anuidade do cartão de crédito também deve entrar nessa análise, pois já existem cartões gratuitos. Entretanto, você precisa avaliar com cuidado, já que alguns pacotes de benefícios valem a pena em relação ao valor da anuidade.

3. Assinar serviços subutilizados

Uma armadilha financeira muito comum na vida das famílias é a assinatura de serviços que não são usados. Como exemplos, podemos citar: plano de telefone fixo, assinatura de TV a cabo, pacote anual na academia, etc. Se você paga por facilidades que não fazem diferença real na sua vida, está desperdiçando dinheiro.

Rever as assinaturas e cancelar planos que são subutilizados promove muita economia em longo prazo. Uma dica interessante é substituir os serviços.

Muitas vezes, assinar um streaming é mais barato e funcional do que manter uma TV a cabo com vários canais que você usa apenas para assistir alguns filmes.

4. Desperdiçar comida

O desperdício de comida é outra maneira de desequilibrar suas finanças. Afinal, tudo o que você compra custa dinheiro.

Jogar fora uma fruta que estragou ou um produto que passou da validade significa colocar dinheiro no lixo. Isso sem falar do desperdício de alimentos.

A melhor forma de evitar esse problema é planejando as suas compras de supermercado. Um cuidado essencial é avaliar o consumo da família e fazer compras condizentes com ele, evitando comprar itens que não serão consumidos a tempo.

5. Perder chances de economia em casa

Assim como desperdício de comida, em muitas casas também ocorre o uso excessivo de itens como água e energia. Além de estarem relacionadas a questões ambientais importantes, tudo o que você gasta em relação a esses serviços custa dinheiro.

Assim, você está jogando o seu salário fora quando perde chances de economia que envolvem atitudes simples. Como tomar banhos mais rápidos, apagar as luzes quando não estiver no cômodo, desligar o ar-condicionado, entre outras.

Economizar em casa promove mais sustentabilidade e liberdade financeira.

6. Não pagar o total do cartão de crédito

Os juros cobrados pelos bancos e instituições financeiras no cartão de crédito estão entre os maiores do mercado. Isso faz com que deixar de pagar uma fatura do cartão ou fazer o pagamento mínimo comece um grande efeito de desperdício no seu dinheiro. No mês seguinte, você vai se assustar em como a dívida aumentou.

Por isso, nunca é indicado pagar um valor menor do que o total da fatura. Perder o controle do cartão de crédito é uma das maneiras mais eficientes de jogar seu dinheiro fora.

Se isso aconteceu por algum desequilíbrio das finanças, o ideal é negociar a dívida diretamente com a empresa do cartão.

7. Valorizar status

Você já percebeu que, na maioria das vezes, é sempre possível encontrar um bom custo-benefício em marcas menores por produtos que custam muito caro em marcas famosas? Valorizar o status e querer viver em um padrão de vida mais alto, comprando apenas produtos de alto preço também é uma forma de desperdiçar dinheiro.

Experimente focar na relação custo-benefício em vez de olhar para o preço ou status. Abrir-se para a possibilidade de comprar produtos de outras empresas pode fazer você economizar bastante e encontrar itens de muita qualidade.

8. Assinar contratos sem ler

Por fim, sabemos que o hábito de não ler os contratos que assina é muito presente entre os brasileiros. O grande problema que se esconde nessa situação é não conhecer alguns detalhes que podem desperdiçar o seu dinheiro. É o caso de taxas extras ou de custos para cancelar o serviço.

Analisar todos os detalhes do contrato antes de se comprometer com uma empresa é essencial para que você se resguarde e economize. Muitas empresas lucram com a ingenuidade, ao confiar que o consumidor fecha contrato sem ler as letras pequenas.

Essas são 8 formas muito eficientes de jogar dinheiro fora. Conseguiu identificar se você comete algum desses erros?

Lembre-se que sempre é tempo de mudar seus hábitos e conquistar mais liberdade financeira ao organizar seu orçamento. Não se esqueça disso e comece a economizar muito no seu dia a dia!

Quero acompanhar conteúdos que ajudem a mudar a sua vida financeira? Confira nosso canal no YouTube!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *