Infelizmente, muitos brasileiros sofrem com problemas financeiros no seu cotidiano. O ano de 2019 terminou com 63,84 milhões de pessoas enfrentando a inadimplência.

As consequências são diversas: perda de crédito, aperto orçamentário. E, claro, aumento do estresse e da preocupação.

Quem pensa que dificuldades financeiras afetam apenas os que ganham pouco dinheiro ou que são descontrolados nas contas está enganado. Na verdade, qualquer pessoa está exposta a passar por imprevistos. A diferença está na forma de lidar com eles.

E então, você quer saber como pode prevenir e resolver problemas financeiros da maneira correta? Confira nossas dicas e garanta o equilíbrio do seu orçamento mesmo em períodos difíceis!

Quando os problemas financeiros acontecem?

Como falamos, dificuldades na vida financeira não são exclusividade de pessoas que tem uma renda mais baixa ou não controlam o orçamento. Até mesmo quem ganha um bom salário e vive no azul pode se ver diante de uma época complicada.

Mas por que isso acontece? É importante ter em mente que gastar menos do que ganha não é suficiente para alcançar o equilíbrio financeiro. Esse cuidado é fundamental, mas ele sozinho não pode garantir a saúde do seu bolso.

A explicação é simples: imprevistos sempre podem acontecer. Nem todos os gastos têm data marcada. Assim, é preciso ter disponibilidade para arcar com eles.

Alguns exemplos são: uma viagem de última hora para ajudar um familiar, custos extras com saúde, manutenção corretiva do veículo, etc.

Ou seja, fazer com que seus custos mensais caibam no orçamento é apenas um passo para a estabilidade. Além disso, também é preciso considerar os imprevistos e lembrar que não há resposta certa para a pergunta “quando os problemas financeiros acontecem”?

Eles podem ocorrer a qualquer momento. Entretanto, seus efeitos não são os mesmos para todos. Quem está preparado consegue resolver imprevistos com mais facilidade e de maneira tranquila, sem comprometer o sustento da família ou se endividar.

Como lidar com problemas financeiros?

Se você não sabe quando as dificuldades surgirão, mas entende que está sempre exposto a elas, só há um caminho: prevenir os problemas financeiros e preparar-se para lidar quando algum deles surgir.

Veja a seguir as melhores maneiras de se fazer isso.

Acompanhando seu orçamento

Não há dúvidas: quanto mais enxuto for o seu orçamento, melhor será sua habilidade de lidar com problemas. Imagine que alguém tem um salário de dez mil reais, mas normalmente gasta apenas sete mil.

Isso significa que todos os meses a pessoa conta com três mil reais sobrando. Ou seja, ela tem essa margem de segurança para lidar com imprevistos. Dependendo do problema, é possível resolvê-lo apenas com o orçamento mensal, sem mexer em reservas ou pedir empréstimos.

Você pode estar se perguntando como buscar um orçamento mais enxuto. O caminho é acompanhar seus gastos. Mantenha registro de suas fontes de renda e de seus custos mensais em uma planilha ou aplicativo e procure sempre manter limites nas contas economizando.

A melhor estratégia para lidar com problemas financeiros é a prevenção. Se no final do mês sobra dinheiro na sua conta, há flexibilidade para tomar decisões. Já quem gasta quase todo o salário está vulnerável, mesmo diante de gastos extras pequenos.

Contratando seguros

Outra possibilidade para estar mais bem preparado diante de dificuldades financeiras é tendo alguns tipos de seguro — como plano de saúde, seguro para seu veículo ou imóvel, etc.

Um contrato com seguradora funciona, basicamente, como uma transferência de risco. Um carro pode sofrer danos em acidentes de trânsito ou ser roubado, certo? Quando se contrata um seguro, você está passando o risco para uma empresa.

Logo, a responsabilidade de consertar o carro será dela, caso algo aconteça com ele. O mesmo vale para um imóvel ou para sua saúde.

E por que vale a pena pagar para ter seguros como esses? A vantagem é que o preço de consertar o veículo ou mesmo comprar um novo depois de ser roubado é bem mais alto do que o valor do seguro.

Os gastos com consultas, exames e internações em momentos críticos de saúde também podem ultrapassar muito a mensalidade do seu plano. Por isso, quem não deseja expor suas finanças ao desequilíbrio em imprevistos deve considerar a contratação de seguros.

Tendo uma reserva de emergência

Os seguros protegem você contra problemas financeiros específicos, como uma doença ou um dano ao imóvel. Entretanto, é preciso também pensar em uma reserva de dinheiro que possa ser utilizada nas demais situações.

Por exemplo, em uma perda de emprego ou diminuição significativa da renda durante determinado período. Coisas assim são grandes problemas para muitas pessoas. Contudo, nem sempre precisam ser.

Quem tem uma reserva de emergência conta com mais tranquilidade para superar situações desse tipo. A ideia da reserva é juntar uma quantia suficiente para lhe trazer estabilidade mesmo em momentos instáveis.

O conselho é que se poupe um valor referente a, pelo menos, seis meses do seu custo de vida. Você certamente se sentiria mais confiante se tivesse esse dinheiro reservado, não é? Com ele, fica muito mais fácil enfrentar imprevistos sem perder a segurança.

Negociando dividas

Os aspectos que citamos até aqui podem ser considerados elementos preventivos dos problemas financeiros. Embora eles aconteçam, seus efeitos serão muito menores para quem toma tais cuidados.

Entretanto, também há o que fazer quando as consequências negativas dos problemas já se instalaram. Por exemplo, no caso de endividamento e inadimplência. Se você está vivendo a situação, o primeiro passo é negociar com o credor.

É comum que as pessoas tenham medo de encarar suas dívidas de frente, mas isso é um grande erro. Enquanto não se tenta lidar com a realidade, o problema só se complica. Afinal, os juros aumentam continuamente seu saldo devedor.

O melhor é calcular toda a dívida e negociar as condições de pagamento, de modo que elas caibam no seu bolso. Depois, utilize as dicas que demos para controlar seu orçamento e garantir a quitação de todas as parcelas.

Procurar formas de fazer renda extra é outra dica para lidar com problemas financeiros que já estão lhe fazendo mal. A estratégia de ganhar mais permite maior flexibilidade nos gastos e lhe ajuda a recuperar a estabilidade rapidamente.

Seguindo nossas orientações com certeza você estará pronto para lidar com problemas financeiros da maneira correta.

Negar a possibilidade de imprevistos acontecerem é um erro que ninguém deve cometer. Adapte suas finanças à imprevisibilidade e ficará mais simples se manter equilibrado!

Quer ajuda para organizar sua vida financeira? Conheça o método 50-30-20 para montagem do orçamento doméstico!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *