Para você, o que significa ter um negócio financeiramente saudável? Se a pergunta for feita a diferentes empresários e empreendedores, verá que as mais variadas respostas aparecerão. No entanto, de um modo mais amplo podemos dizer que a saúde financeira de uma empresa tem a ver com o quão rápida ela consegue reagir (responder) a crises e oportunidades.

Isso porque um negócio financeiramente saudável é capaz de resistir a pressões financeiras em situações inesperadas, ao mesmo tempo que consegue aproveitar oportunidades lucrativas. Nesse caso, a organização é capaz de tomar decisões rápidas sobre como reagir a situações que exigem uma resposta imediata (isso pode fazer toda a diferença em algumas indústrias).

Empresas saudáveis financeiramente se adaptam, crescem e evoluem. Mas, como conquistar a saúde financeira organizacional? Separamos 5 dicas para ajudar você a responder à questão.

Continue a leitura e saiba mais!

1. Tenha controle financeiro

O primeiro passo para um negócio financeiramente saudável é ter controle financeiro. Quanto a isso, não tem jeito: você precisará de um orçamento empresarial detalhado e realista.

Somente assim poderá maximizar a receita, reduzir despesas e colocar sua empresa em condições de arcar com os investimentos necessários para prosperar.

A chave é evitar o aumento de despesas (isso vale para o orçamento doméstico também). Assim como nossas finanças pessoais saem do controle quando adicionamos despesas mês a mês de modo descontrolado, o mesmo ocorre nas organizações.

Este é o motivo pelo qual o controle orçamentário é extremamente importante: quando bem elaborado, o orçamento faz com que a empresa tenhas as rédeas da situação. Os orçamentos flutuam, mas as despesas não devem aumentar sem o devido planejamento financeiro. Então, tenha em mente que se você quiser ter um negócio financeiramente saudável, não tem como fugir do orçamento.

2. Utilize os lucros com sabedoria

O mês chegou ao fim e o caixa fechou com lucros, o que é ótimo. O problema acontece quando existe uma tentação por parte dos executivos/empresários em transformar o lucro em aumento salarial ou bônus.

Aqui não queremos dizer que os colaboradores não merecem aumento ou um adicional no contracheque. Pelo contrário. Afinal, se uma empresa está lucrando é porque seu pessoal está fazendo um ótimo trabalho, desenvolvendo produtos e serviços de qualidade e realizando um bom atendimento.

A questão aqui é pensar que, antes de transformar lucros em bônus de final de ano, a empresa precisa ter uma reserva financeira. Isso porque, eventualmente, o crescimento excessivo de uma organização sem que ela tenha dinheiro em caixa para emergências criará um desequilíbrio no futuro. Mais cedo ou mais tarde esse desequilíbrio resultará em queda nos lucros.

Além do fundo de emergência, o lucro pode ser utilizado para pagamento de dívidas, o que, em último caso, melhorará o fluxo de caixa da empresa no futuro. Ao fazer isso, você garantirá que o modelo de negócio seja sustentável nos próximos anos.

Mais uma vez – e para reforçar, não há problema em distribuir bônus quando os lucros excedem as expectativas. Mas isso deve ser feito com parcimônia.

3. Diversifique o fluxo de receita

Um negócio financeiramente saudável não trata apenas de gerenciar o dinheiro de modo inteligente. É necessário também analisar como a receita está sendo gerada.

Nesse sentido, procure formas de diversificar os fluxos de receita. Em outras palavras: seja flexível em seu modelo de negócios. Quando você tem um amplo grupo demográfico de clientes, por exemplo, uma condição econômica negativa isolada não vai ser motivo para sua empresa fechar as portas.

Aqui, a dica é pensar em outros produtos ou serviços que sua empresa pode oferecer. Quem sabe você não possa vender um curso online? Dar consultoria? Ter uma loja virtual? Ou até desenvolver um novo produto?

4. Evite erros

Um negócio financeiramente saudável não é somente aquele que faz a coisa certa, mas também o que consegue evitar erros que podem prejudicar o crescimento empresarial.

Um exemplo comum de erro é com relação ao preço do produto. Como comentamos em 5 estratégias para aumentar os lucros da sua empresa, muitos empreendedores esquecem de colocar na ponta do lápis os gastos da produção até a entrega do produto, ou os gastos “homem-hora” no caso de serviços.

Falta de capacitação de colaboradores, gestão empresarial ineficaz e falta de planejamento são outros erros comuns que impedem a conquista de um negócio financeiramente saudável.

Concluindo

Para uns, um negócio financeiramente saudável significa empresários com uma visão clara das finanças empresariais. Para outros, pode ter a ver com um fluxo de caixa que lhes permita pagar seus funcionários em dia e cumprir com as demais obrigações.

Seja o que for que você entenda por estabilidade financeira, isso é algo que todos os empreendedores procuram. Além do que apontamos como dicas, lembre-se que um negócio financeiramente saudável está relacionado também com a abordagem do seu negócio ao marketing, até a filosofia de atendimento ao cliente. Isso porque tudo, direta ou indiretamente, exerce influência no caixa.

Esperamos que as dicas deste post ajudem sua empresa a crescer. E não esqueça que em nosso site sempre temos materiais para ajudar você a guiar o seu negócio na direção certa. Para não perder nossos conteúdos, assine nossa newsletter e siga-nos nas redes sociais.

 

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *