Infelizmente, muitos brasileiros vivem com suas finanças aprisionadas. Ou seja, têm um orçamento apertado e não conseguem fazer escolhas com autonomia. O caminho oposto a esse é o da liberdade financeira.

Usufruir dessa liberdade significa ter conforto financeiro suficiente para tomar decisões de maneira mais autônoma. Por exemplo, uma pessoa que pode optar por mudar de carreira, pois tem um orçamento flexível e uma reserva de dinheiro que lhe oferecerá segurança nessa transição.

A liberdade financeira não representa ainda a independência — esse conceito diz respeito a um passo adiante: não depender do trabalho para viver. Tornar-se independente financeiramente é um plano de longo prazo, mas você pode alcançar a liberdade em um tempo bem mais curto.

Veja como!

1. Coloque sua liberdade como um objetivo principal

Muitas pessoas acreditam que a liberdade financeira é um sonho impossível. Com isso, elas realmente fazem com que ele seja. Afinal, como realizar um objetivo sem acreditar nele e se esforçar para que seja real?

Então, a primeira dica para realmente alcançar um patamar mais livre é colocar esse como o seu principal objetivo hoje. Leve um ensinamento para a vida: você pode realizar qualquer desejo financeiro, desde que ele seja uma prioridade.

O que isso quer dizer? Que nós adaptamos nosso orçamento de acordo com o que consideramos prioritário. Com certeza existem diversos gastos que são feitos na sua rotina e que podem ser modificados em prol de uma meta.

Assim, quando a liberdade financeira passar a ser sua prioridade, todas as decisões em relação ao seu dinheiro serão tomadas baseadas nisso. Agora, pense bem: será ou não possível alcançar esse objetivo? Se houver planejamento e esforço, não tenha dúvidas de que sim!

2. Exerça controle do seu orçamento

Depois de ter clareza sobre o que se quer alcançar, a próxima dica é controlar seu orçamento. Como falamos, ele deve se adaptar aos seus novos planos. Isso significa, por exemplo, cortar ou reduzir alguns gastos que você considera supérfluos.

Entretanto, poucas pessoas sabem como fazer isso. Se esse é o seu caso, podemos ajudar. Comece registrando — em um caderno, planilha ou aplicativo — a sua situação financeira atual. Isto é, o valor da sua renda e todos os seus gastos.

É preciso considerar, de fato, todos os gastos mensais, sejam eles fixos ou variáveis. Fazer isso lhe garante um retrato fiel do seu orçamento atual. Depois de realizar esse exercício por 30 dias, será possível analisar as escolhas que você tem feito e ver como isso pode ser aperfeiçoado.

Lembre que os seus custos mensais devem refletir suas prioridades. Se eles não têm feito isso, é seu papel avaliar o que está errado. Organizar suas contas permite que o seu dinheiro seja distribuído de maneira mais inteligente ao longo do mês.

3. Resolva pendências financeiras

A liberdade financeira anda totalmente na contra mão de dívidas ou parcelamentos. Isso porque não é possível ser livre se você tem pendências financeiras que comprometem parte do seu salário todos os meses, certo?

Logo, um passo essencial para alcançar o patamar de liberdade é quitar qualquer pendência — principalmente aquelas que envolvem altas taxas de juros. Pagar juros por uma dívida ou empréstimo consome um dinheiro que poderia lhe ajudar a viver com mais tranquilidade.

Além de negociar suas dívidas e focar na quitação delas, tenha o cuidado também de evitar fazer compras parceladas ou financiamentos. Esse tipo de coisa prende o seu orçamento, então, não combina com o objetivo de ter liberdade.

4. Economize no dia a dia

Faça uma reflexão rápida e responda a seguinte pergunta. Quem tem mais liberdade financeira: um executivo que recebe R$ 15.000,00 reais por mês e consome tudo no seu custo de vida ou alguém cuja renda é R$ 5.000,00, mas gasta apenas R$ 3.000,00?

No segundo caso, a pessoa tem um orçamento muito mais flexível. Dessa forma, ela tem liberdade para fazer suas escolhas, pois o dinheiro que sobra todos os meses lhe oferece segurança para adaptar o orçamento a novas necessidades — por exemplo, viajar para o exterior, comprar um carro, mudar de emprego, abrir um negócio, etc.

Percebe como os seus gastos são ainda mais importantes do que sua renda? Claro que todos querem receber um salário bom e poder realizar mais sonhos. Entretanto, vale a pena não perder o foco do consumo. Economizar no dia a dia é uma das principais estratégias para alcançar a liberdade financeira.

5. Invista dinheiro

Agora que você já sabe que deve enxugar seu orçamento e poupar dinheiro, pode estar se perguntando o que fazer com a quantia que sobra. Acumular esse valor na conta-corrente ou deixar em uma poupança não são as melhores opções.

Existem diversos investimentos que aumentam seus ganhos e ajudam a chegar até a liberdade financeira de maneira mais rápida e consistente. Por isso, uma dica essencial para quem tem esse objetivo é investir o dinheiro.

Ao fazer isso, você se torna capaz de multiplicar suas reservas e adquirir uma renda passiva — fruto dos rendimentos de seus investimentos. Assim, o dinheiro poupado passa a trabalhar para você. Quem sabe, sua próxima meta possa ser viver desses rendimentos e alcançar a independência financeira?

6. Tenha cuidado ao investir

Se você está pensando em começar a investir, precisa tomar alguns cuidados indispensáveis. O primeiro deles é conhecer o funcionamento do mercado financeiro. Há muitas alternativas disponíveis aos investidores — e tomar decisões sem entendê-las bem gera diversos riscos.

Sim, é possível perder dinheiro ao investir. E você provavelmente não quer isso, certo? A boa notícia é que um investidor inteligente consegue buscar informações e diminuir esse risco. Portanto, comece estudando o assunto!

Outro cuidado importante é o de identificar seu perfil de investidor. Ele indica qual é a sua abertura ao risco e quais serão os investimentos mais indicados para o seu caso. Isso evita enfrentar muita ansiedade e até mesmo prejuízo ao investir em produtos que não combinam com seu perfil.

Siga nossas 6 dicas e caminhe rumo à liberdade financeira. Em breve, você estará usufruindo de maior tranquilidade no seu orçamento e mais autonomia para fazer suas escolhas. Sem dúvida, vale a pena ter isso como prioridade de vida!

Depois de conhecer 6 passos para alcançar a liberdade financeira, veja o que você deve evitar fazer!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *