Dizem que muito mais importante e efetivo do que buscarmos criar coisas novas e espetaculares (e que são bem mais difíceis de serem inventadas!) é saber o que aqueles que tiveram sucesso fizeram. E segui-los!

E se estamos pensando em nossas finanças, nada melhor para nos guiar do que saber sobre as atitudes de alguns que alcançaram sucesso financeiro.

Essas atitudes podem estar relacionadas à vida profissional, força de caráter pessoal, formas de economizar ou de ganhar dinheiro.

Continue a leitura e se inspire com 6 comportamento de milionários que você deve adotar!

6 Comportamento de milionários

Confira a seguir 6 comportamentos de milionários pelo mundo para adotar em sua vida agora mesmo e dê mais alguns importantes passos em direção ao seu sucesso pessoal e profissional.

1) Buscar a redução de custos nos negócios

Ao ler o livro “Sonho Grande” que trata da trajetória dos grandes empresários – e milionários – do Brasil Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, é possível notar que o grupo apresenta sempre em suas empresas a busca incessante da redução de custos.

Pequenos caprichos no dia a dia de trabalho, como sala especial e diferente, cardápio caro e opulento para a diretoria… Nada disso nunca tirou o foco de quem quer trabalhar mais e mais e gerar mais resultado em sua atividade.

Custos que não são essenciais para a empresa devem ser reduzidos para a saúde da própria empresa. Manter gastos elevados com supérfluos para sócios e rotinas administrativas não faz sentido para uma mente milionária.

2) Fazer investimentos financeiros pensando na solidez

Investidores renomados brasileiros e estrangeiros, como Luiz Barsi e Warren Buffett, que fizeram milhões e milhões investindo, já deixaram claro em mais de uma oportunidade a preferência por investimentos perenes em detrimento de oportunidades de ganhos financeiros de momento e especulações.

Ambos jogam o jogo do investimento como algo de longo prazo, mantendo a constância e baseando-se em análises sólidas e que são atemporais.

Portanto, antes de se deixar seduzir pela “bola da vez” nas oportunidades de “investimento”, se pergunte se é algo sólido, testado, analisado.

3) Dizer não à ostentação e ao consumismo

Você já deve ter visto fotos nas redes sociais de grandes nomes mundiais como Bill Gates e Mark Zuckerberg, trajando roupas normais (sim, devem ser roupas boas!!! Mas passam longe do excesso e da ostentação), com acessórios normais, cortes de cabelos normais … enfim, normais!

Os milionários de verdade deixam para os rappers, artistas e esportistas da moda os cordões de ouro, as coleções de carros esportivos e as roupas com grandes hologramas de marcas famosas.

Eles sabem o valor do seu dinheiro e sabem que não precisam de adornos e estereótipos para se firmarem como bem-sucedidos.

4) “Se pagar” primeiro

A ideia de se pagar primeiro como um comportamento milionário vem da atitude de acumular seu patrimônio todo mês, com ativos e investimento que lhe gerem mais rendimentos. E é preciso considerar essa questão como uma obrigação financeira – não somente uma eventualidade.

Esse deve ser seu maior compromisso.

Em “O Pai Rico, o Pai Pobre”, a ideia do pague-se primeiro já demonstra que essa atitude faz com que você viva sempre no azul! Suas despesas devem ser menores do que sua renda, e de forma que você acumule todo mês.

Quantas vezes já ouvimos: quem poupa, poupa independente de quanto ganha. Da mesma forma, quem gasta mais do que ganha, fica devendo, independente de quando ganha. Isso porque trata-se muito mais do comportamento pessoal do que exatamente das cifras envolvidas.

5) Ter objetivos definidos

Não é de hoje que ouvimos que: “se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve”

Não foi só a Alice, lá no ‘País das Maravilhas’, que procurava um caminho sem antes entender o que queria alcançar. Muitas pessoas ainda hoje ‘sonham’ em alcançar a independência financeira sem desvincular isso de um sonho. Dessa forma, não colocam objetivos reais em suas atividades pessoais e financeiras.

A característica de ter objetivos claros traçados também já foi verificada como um comportamento milionário: tenha definidos os seus objetivos. Dessa forma, você conseguirá trilhar o caminho correto para alcança-lo.

Essa característica que denota antes de tudo força pessoal, é abordada como o 2º Hábito do livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, que nos revela um estudo sobre 7 hábitos capazes de, através da ética do caráter, aprimorarmos nossas potencialidades.

6) Alcançar metas

Pessoas milionárias alcançam as metas a que se propõem.

Elas não questionam a meta posta, mas sim, revisam as formas que utilizam, ajustando as ferramentas até alcançar o proposto.

Recalculam a rota, aprendem com os erros e com o que não deu certo. E partem para novas conquistas mais confiantes e com mais conhecimentos.

Comportamento Bônus: ser o protagonista da sua história!

Quantas vezes não nos vemos aguardando as coisas melhorarem, as oportunidades aparecerem, sem realmente as construir? Construir a sua realidade é protagonizar a própria história.

Se por um lado histórias inspiradoras de sucesso podem contar com uma pitada de sorte, é possível notar que a sorte encontrou alguém preparado para recebê-la!

Os comportamentos milionários nos demonstram que todos eles passam pela decisão de tomar uma atitude, para que quando a vida lhe dê a oportunidade, você saiba aproveitá-la. E para que você construa suas oportunidades!

Continue se inspirando acompanhando nosso conteúdo e aprenda a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos. Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Rui Oliveira    

    É engraçado que é a primeira vez que leio um artigo sobre comportamentos de milionários e sem nunca ter pensado muito nisso, é um pouco o que eu faço.
    Mas o comportamento mais importante é saber gerar dinheiro 😀
    Os restantes apenas ajudam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *