Entender o que realmente é renda ativa e renda passiva faz toda a diferença para quem deseja ter uma vida financeira confortável. Apesar desses conceitos serem simples, há quem ainda os confunda ou não compreenda o que realmente significam.

Então, que tal saber mais sobre o assunto? Continue a leitura do artigo, entenda a diferença entre renda ativa e renda passiva e saiba como são gerados esses dois tipos de rendimentos!

O que é renda ativa?

A renda ativa é aquela que só é conquistada mediante nosso esforço. Ou seja, você precisa agir para recebê-la. Caso pare de se dedicar a atividade que gera a renda ativa, deixará de receber por ela.

Por exemplo, quem trabalha em um emprego e recebe um salário todo quinto dia útil recebe, na verdade, uma renda ativa. Trata-se um rendimento desta categoria porque você deve trabalhar para recebê-lo. Dessa forma, se parar de trabalhar, não receberá mais o salário.

Então, o que significa renda ativa? Entenda-a como um resultado do seu esforço, no qual deve-se estar presente e se dedicando a algo para receber o dinheiro. Aqui, você acaba vendendo seu tempo na realização de uma determinada atividade.

Como a renda ativa é obtida?

Se renda ativa é aquela que recebemos somente se nos esforçarmos, fica evidente que todos os exemplos têm a ver com trabalho e venda do tempo e mão de obra em troca de recursos financeiros. Certo?

Além do salário em um emprego, pode entrar nessa categoria os ganhos obtidos por meio de trabalho freelancers e autônomos e venda de produtos, por exemplo, dentre outros.

O que é renda passiva?

A renda passiva é conhecida principalmente pelos leitores de Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki e de quem já está há algum tempo buscando educação financeira.

Renda passiva é aquela que você adquire independente do seu esforço. Ou seja, você obtém lucro mesmo não precisando trabalhar para conquistá-la e nem vender seu tempo ou mão de obra, como na renda ativa.

Inclusive, é possível lucrar mais com renda passiva do que com renda ativa. Tanto que muitos conseguem viver dessa maneira ao longo do tempo.

Entretanto, é essencial ter em mente que mesmo a renda passiva exige um esforço inicial, sendo necessário trabalhar em cima daquilo que você deseja que lhe dê lucro de forma passiva.

Por exemplo, é possível lucrar muito de forma passiva com cursos digitais. Entretanto, você deverá trabalhar ativamente em um primeiro momento para criá-lo. Somente depois de pronto que o curso pode ser vendido diversas vezes, sem você precisar vendê-lo ativamente.

Como obter renda passiva?

Viver de renda passiva pode ser o sonho de muitas pessoas. Afinal, ganhar dinheiro mesmo dormindo ou a qualquer momento sem precisar trabalhar ativamente a todo instante parece ser maravilhoso. Não é mesmo?

Mas, como gerar renda passiva? Confira algumas maneiras abaixo!

Livros e e-books

Uma forma de obter renda passiva é escrevendo livros ou e-books. Dentre os dois, os livros digitais costumam ser bem aceitos pelas pessoas, principalmente pelo seu fácil consumo e aquisição e pelo preço, que pode ser menor em relação ao livro físico. A vantagem é que o custo de produção de um e-book pode ser zero.

Cursos digitais

Os cursos online estão cada vez mais sendo consumidos, principalmente pela facilidade que estudar pela internet proporciona. Planejar e gravar um treinamento digital pode ser trabalhoso, pois exige planejamento, gravação e, possivelmente, edição dos vídeos antes de disponibilizá-lo em alguma plataforma.

Entretanto, o esforço pode valer a pena, pois há muitos que hoje conseguem viver somente criando e vendendo esse tipo de infoproduto.

Blog ou canal no YouTube

Criar um blog ou um canal no YouTube pode ser trabalhoso no início, mas pode gerar renda passiva. É possível monetizá-los com propagandas, fazendo parcerias, vendendo seus produtos ou serviços próprios ou como um afiliado.

Aluguel

Quem tem imóveis para locação consegue gerar renda passiva por meio de aluguéis. Essa ideia acaba sendo boa para quem já tem mais de um imóvel ou herdou um bem de família do qual não deseja se desfazer.

Entretanto, comprar um imóvel apenas para lucrar com locações pode não ser uma das melhores alternativas. Isso porque o valor do aluguel pode levar anos para compensar o que foi gasto na compra do imóvel.

Além disso, questões como condições do mercado imobiliário, vacância e desvalorização dos imóveis devem sempre serem levadas em consideração antes de comprar um bem apenas para esse fim.

Investimentos

Os investimentos também são formas de renda passiva. É claro que é necessário se empenhar nesta tarefa fazer aportes mensais frequentes para fazê-lo trabalhar e obter lucro. Contudo, esta é a melhor maneira de gerar renda passiva, especialmente para o longo prazo.

Para quem deseja viver de renda passiva, talvez a melhor sugestão seja procurar por investimentos de longo prazo. Exemplos como ações na Bolsa de Valores, Fundos de Investimento Imobiliário e Títulos do Tesouro Nacional podem ser boas alternativas.

Entretanto, sempre escolha seus investimentos levando em conta seus objetivos, bem como seu perfil de investidor, ok?

Renda ativa x renda passiva: qual é a melhor?

Depois de entender qual a diferença entre renda passiva e ativa e conhecer agumas formas de obter ganhos pelos dois tipos, você pode estar se perguntando qual delas é melhor, não é mesmo? Afinal, devo focar apenas em uma ou nas duas rendas?

Não há melhor ou pior, pois ambas têm seu papel no dia a dia de cada pessoa. Contido, entenda que ter renda passiva é essencial, não só para seu futuro, mas para evitar que um possível imprevisto prejudique sua vida financeira.

As duas, portanto, importam. E você deveria focar em ambas.

Por que é perigoso viver apenas de renda ativa?

A renda ativa só aparece quando você trabalha. Por mais que receba um salário e faça trabalhos autônomos nos seus horários livres ou tenha dois empregos, entenda que se algo acontecer com você, como um acidente, imprevisto ou demissão, seus ganhos poderão ficar comprometidos.

Se você depende de uma ou mais rendas ativas e não se organizou financeiramente, a qualquer momento poderá se encontrar em situações problemáticas por causa dessa falta de planejamento.

Por outro lado, você pode muito bem continuar no seu emprego e receber seu salário e, no tempo livre, dedicar-se a criar produtos ou pensar em estratégias que poderão lhe gerar renda passiva. E, claro, fazer investimentos.

Por isso, a dica é: tenha renda ativa e trabalhe com o que você deseja, mas dedique seu tempo para criar e planejar algumas fontes de renda passiva!

Obter ganhos com renda ativa e renda passiva ao mesmo tempo é possível. Então não dependa apenas de fontes ativas e comece já a criar formas de obter renda passiva. Pois, no futuro, essa investida fará toda a diferença!

Agora que você sabe o que é renda passiva e ativa, confira como aumentar sua renda mensal de forma consistente!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *