Pessoas brigando em um cabo de guerra por eletrônicos e eletrodomésticos. Essa é uma das imagens que vemos nos telejornais quando o assunto é Black Friday em terras norte-americanas. A cultura do dia dos descontos é muito forte nos Estados Unidos e, de tempos para cá, tem recebido destaque também no Brasil.

Embora os descontos em nosso país não cheguem àqueles oferecidos pelas lojas nos EUA, muitos brasileiros esperam ansiosos pela data para fazerem suas compras. A pergunta é: você é uma dessas pessoas aguardando ansiosamente pela Black Friday 2019 porque você já tem sua lista de desejos, ou você tem dúvidas se deve gastar ou investir seu dinheiro?

Seja como for, para preparar-se para o dia em que as palavras “OFF”, “imperdível” e “desconto” estão em toda parte – e para fazer bom uso do dinheiro, invista alguns minutos na leitura deste artigo.

Eu devo comprar na Black Friday 2019?

Compramos por dois motivos: necessidades ou desejos. O primeiro tem a ver com o que é vital, por exemplo, comer alimentos para sobreviver. O segundo é uma vontade, como comer um bolo para matar a saciedade por doce.

Épocas como Black Friday fazem o desejo falar mais alto do que as necessidades, afetando o comportamento do consumidor. A tendência é que pessoas comprem o que não precisam pelo simples fato de o desconto estar “imperdível”.

Isso significa que você deve pular a Black Friday 2019? Não exatamente. Sabemos que a vida não é feita somente de trabalho e que cada indivíduo tem seus sonhos e vontades.

Como gostamos de destacar, finanças pessoais não é sobre viver em sacrifícios para poupar, mas é muito mais sobre saber administrar o dinheiro para usufruir de uma vida mais tranquila, com a realização de desejos.

O conceito de gastar, conforme comentamos neste artigo, deve estar presente em nossas vidas. No entanto, o gasto deve ser feito de forma controlada. Isso significa que comprar só porque a palavra “imperdível” está caindo na sua caixa de entrada de e-mail não faz sentido.

O ideal é que suas compras sejam planejadas. Veja como fazer isso a seguir.

Sugestões para comprar bem na Black Friday 2019

Como dizem, “o barato sai caro” em muitas situações. Portanto, verifique quanto do seu orçamento doméstico pode ser utilizado para as compras desse dia.

Afinal de contas, de nada adianta comprar equipamentos eletrônicos com um preço “nunca antes visto”, se você terá que enfrentar juros do cartão de crédito mais tarde para conseguir arcar com tudo.

O ideal aqui é adotar uma das práticas do consumo consciente, que sugere compras à vista. Lembra da história do desejo x necessidade? Pois é, quando você paga à vista aumentam as chances de que consiga ter mais controle e seu foco irá primeiro para as necessidades.

Talvez, você perceba que precisará reduzir a lista que fez. Se esse for o caso, faça-o sem medo. Lembre-se que as finanças pessoais acontecem a partir de nossas escolhas. Você pode comprar, mas quando fazê-lo, que seja algo pensado e que não traga problemas para seu bolso no futuro.

Com a lista dos itens que você pode adquirir, faça uma pesquisa online para descobrir quais lojas têm as melhores ofertas. Em hipótese alguma fuja da sua lista. Mesmo que apareça um banner com um desconto imperdível, se você não precisar do item, não o compre. Em suma: fuja das armadilhas durante a Black Friday.

Não é melhor eu investir ao invés de gastar?

O impulso de gastar na Black Friday 2019 é alto, especialmente porque temos essa tendência de comprar o que não precisamos (o Efeito Diderot explica isso). Mas, e se entre gastar ou investir você opte pela segunda opção?

Para refletir sobre isso, observe a lista de produtos que você deseja comprar. Se após ter lido o que explicamos até aqui mesmo assim sua listagem contenha itens supérfluos, que tal utilizar o dinheiro que você gastaria com essa compra e aplicar em seu futuro?

O fato é que compras por impulso que você deixa de fazer hoje podem representar em melhorias no seu amanhã. Pessoas que possuem educação financeira e sabem investir com disciplina, conseguem ver seu dinheiro multiplicando-se. Com isso, as compras no futuro (inclusive em outros anos de Black Friday) podem ser maiores.

Sem contar que existem muitos imprevistos na vida. De nada adianta ter um carrinho de compras cheio na Black Friday 2019 e não estar preparado para as emergências financeiras que surgirem.

Você pode, por exemplo, começar a montar sua reserva de emergência ao invés de gastar com supérfluos. O Fundo Tesouro Selic Simples FI RF, do BTG Pactual é um dos produtos disponíveis para isso, e existem outros investimentos em renda fixa também.

O intuito em investir é construir boas condições para o seu futuro. Você tem a possibilidade de optar por títulos do Tesouro Direto, planos de previdência privada, fundos de investimentos, CDBs etc.

Independentemente da sua escolha de produto no mercado financeiro (atrelado, claro, ao seu objetivo), entenda que ter uma gestão financeira equilibrada significa poder usufruir das coisas boas todos os dias, não apenas na Black Friday 2019.

Por fim: comprar ou investir na Black Friday 2019?

A resposta é bem simples. Se você tiver uma necessidade e dinheiro para saná-la, os descontos da Black Friday podem ser uma boa alternativa.

Caso você tenha itens de desejos e já tenha se preparado financeiramente para a data, se os descontos forem realmente bons, vale a pena aproveitar.

Agora, se você não tem uma reserva para utilizar na Black Friday 2019, se seu orçamento está apertado, ou se não possui nenhuma necessidade (e o desejo pode esperar) mantenha-se longe das ofertas. Invista seu dinheiro no seu futuro para que, mais tarde, você possa aproveitar a data com muito mais segurança.

Para organização financeira, existe um método conhecido por 50-30-20. Com essa regra, uma parte do dinheiro pode ir para Black Friday e, outra, para investimentos. Basta disciplina e foco. Caso queira conhecer mais, leia o artigo Método 50-30-20 para organização do orçamento.

Gostou deste post? Se ele foi útil a você, compartilhe-o com seus colegas. Siga-nos também em nossas redes sociais e fique por dentro de nossos materiais.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *